Confira os vencedores do 45º Festival Sesc Melhores Filmes

roma
Filme Roma | Foto: divulgação

Edição 2019 do festival exibe longas brasileiros e estrangeiros escolhidos pela crítica e pelo público como os melhores de 2018

A solenidade de abertura e a premiação da 45ª edição do Festival Sesc Melhores Filmes aconteceram ontem, dia 10, em São Paulo e contou com a presença de Murílo Benício, Camila Márdila, Beatriz Seigner, Gilson Packer, Simone Yunes, Tuna Dwek, João Dumans, Gustavo Pize, Henrique Diaz, Tata Amaral, Cristiano Burlan, Gabriela Amaral de Almeida, Djin Sganzerla, entre outros.

A votação dos vencedores do Festival foi feita via Internet, com milhares de votos do público e consulta direta à crítica especializada de todo o país. Ao longo do 45º Festival Sesc Melhores filmes serão exibidos 48 filmes sendo 19 estrangeiros, 20 nacionais, 06 clássicos e 3 CineClubinhos. Eu vou em algumas sessões e, para ficar por dentro, basta me acompanhar lá no Instagram do Não Me Poupe (@naomepoupeblog).

Confira a lista dos filmes vencedores:

Continuar lendo “Confira os vencedores do 45º Festival Sesc Melhores Filmes”

A nata do Sesc em fevereiro

o-melhordosesc-sp

Eu já falei um milhão de vezes aqui e no canal como eu sou apaixonada pelo Sesc e todas as atividades incríveis (e baratas) que essa rede proporciona para os brasileiros. Eu sou uma visitante assídua e foram nessas diversas unidades que eu vivi alguns dos melhores momentos da minha vida. Garanti a minha revista de fevereiro (que vem com essa capa maravilhosa da ilustração do artista Jackson Oliveira) e fiz uma triagem dos melhores shows que rolam até o dia 28. Já pega a agenda aí, porque são muitas opções e eu já adianto: difícil vai ser escolher.

Belenzinho

770b65aa-26e5-460e-8326-13fc873d2851
Elza Soares: “A Mulher do Fim do Mundo”, seu primeiro trabalho somente de canções inéditas, é fruto do encontro da intérprete com a estética musical contemporânea de São Paulo. Neste show, a cantora é acompanhada pelos músicos Kiko Dinucci, Marcelo Cabral, Rodrigo Campos, Romulo Fróes, Felipe Roseno e Guilherme Kastrup. Eleita em 2000 como a Melhor Cantora do Milênio pela BBC de Londres, e do alto dos seus 60 anos de carreira, Elza Soares vive atualmente a apoteose de uma vida dedicada à música e leva aos palcos uma “ópera”  emocional  que  retrata  as  mazelas  da sociedade,  instigando  o  espectador  à  reflexão  sobre  a condição do indivíduo em uma sociedade violenta com crítica social e política. 16 a 19.02. Ingressos: de R$ 18 a R$ 60.

Continuar lendo “A nata do Sesc em fevereiro”

Sábado nostalgia e a Costa do Marfim

10731549_708863622540010_512865389_n

Cachorro Grande estreia novo disco em grande estilo

Se você, assim como eu, em algum momento da sua adolescência gostou de rock e apreciou música brasileira, com certeza já escutou o som dessa banda gaúcha. A verdade é que quando “Sinceramente” estourou no TOP 10 da Mtv em meados de 2006, todo mundo logo se viciou.

A banda que havia sido formada em 1999 trazia tudo o que um bom amante do rock gosta: bateria alucinada, guitarras pesadas, letras insanas e integrantes totalmente loucos. Essa era a essência do Cachorro Grande. Foram seis discos até então, sendo que eles mantinham o jejum musical há três anos.

A questão é que todo mundo se renova. Eu não sou a mesma pessoa que era há dois anos atrás, assim como você, também não o é. Depois do DVD gravado no Circo Voador (RJ), o start veio à cabeça do grupo. Eles precisavam de algo novo. Assim como afirmou em uma entrevista dada à Folha recentemente, Beto Bruno já não estava feliz com o som que faziam. “Às vezes parecia que a gente estava fazendo cover de nós mesmos”, admitiu o vocalista ao Thales de Menezes, editor-assistente da Ilustrada.

Esqueça tudo aquilo que você já ouviu da banda. O que vemos em Costa de Marfim, disco lançado nesse ano,  é um som mais maduro e lunático. Para os amantes da música, fica fácil perceber grande influência de bandas como Chemical Brothers, MGMT, Happy Mondays e até Primal Scream. A mistura com batidas eletrônicas é perceptível já em “Costa de Marfim”, “Nós Vamos Fazer Você Se Ligar” e “Nuvens de Fumaça”, primeiras músicas do trabalho.

Continuar lendo “Sábado nostalgia e a Costa do Marfim”