5 novos discos que você precisa ouvir!

Discos

Tá cansado de ouvir as mesmas músicas todos os dias, enquanto você faz aquele relatório chatíssimo para entregar para o seu chefe até a hora do almoço? Então, você não pode ficar de fora desse post. Com a propagação da internet, é muito fácil conhecer bandas e cantores novos, o próprio site Musicoteca sempre tem algo saindo do forno para mostrar para galera e o melhor: download free! A moda de compartilhar o disco entre os fãs, só traz benefícios para o artista e feliz daquele que faz isso. Afinal, toda vez que vou a um show e o vocalista fala: “Gente, nosso CD está disponível pra venda lá fora, mas se você estiver sem grana tem pra download no site”, dá muito mais vontade de comprar, só pelo fato do músico ter a pré-disposição de espalhar o seu trabalho.

Hoje vim indicar 5 discos que acabaram de sair do forno, para você dar uma variada musical na sua vida. Seleção brasileiríssima, até porque, com tanto talento aqui em nossa terra, é triste ver gente que não ouve nada nacional. Mas nunca é tarde, que tal começar agora?

Sábado, Cícero

Esse saiu do forno mesmo. Depois do sucesso de Canções de Apartamento lançado em meados de 2011, Cícero aposta em novas composições. O disco Sábado, foi lançado no último sábado (31) e já está disponível para download no site. Acho que nada vai se comparar ao primeiro trabalho dele, porque realmente foi uma bela estreia, mas é válido dizer que esse novo trabalho tem a mesma pegada e com as melodias que remetem muito ao Canções. Então, se você já gosta do estilo do rapaz e curte músicas mais calminhas, esse é o CD certo para baixar. O carioca, que anda sumido de São Paulo, ainda não disponibilizou agenda por aqui, mas boatos dizem que em novembro ele vem pro Sesc Pompeia.

Ouça: Frevo Por Acaso, Por Botafogo.

Você vai gostar se curte: SILVA, Los Hermanos, Phill Veras e Wado.

Toni Ferreira, Toni Ferreira

Conheci o Toni por conta do Pélico, pois em seu disco de estreia ele gravou Olha Só, música do compositor de Que Isso Fique Entre Nós. Logo me apaixonei pela voz harmoniosa de Toni Ferreira, que assim como muitos comentam, lembra muito a do falecido Cazuza. Lançado pela Universal Music, o disco chegou às prateleiras no finzinho de junho e foi produzido pelo próprio Pélico e Jesus Sanchez. A copilação de um trabalho fino e elegante.

Ouça: Olha Só e Leve.

Você vai gostar se curte: Léo Cavalcanti, Filipe Catto e Pélico.

Pra Mim Você É Lindo, Katia B

Ganhei o CD da Katia de uma produtora amiga e já pela capa me apaixonei. A carioca, que fez se apresentou no Auditório do Ibirapuera no último sábado (31), mistura a clássica MPB com umas pegadas bem psicodélicas. Tão bom quanto Só Deixo Meu Coração Na Mão de Quem Pode (2003), esse novo trabalho mostra uma Katia mais madura e certa do rumo que quer seguir: o do coração. A interpretação de Sete Mil Vezes de Caetano Veloso, é a cereja do bolo.

Ouça: Aprendendo A Viver Les Temps de L’amour.

Você vai gostar se curte: Céu, Bebel Gilberto e Tulipa Ruiz.

Pequenas Margaridas, Nana

Ela deu as caras em 2011 e com a demo Expressionismo Alemão, muito charme e um belo par de olhos azuis, já foi causa de grande furor no meio indie da música brazuca. Mas foi em 2013 que Nana conquistou os meus ouvidos ao lançar o Pequenas Margaridas que me propôs um misto de sentimentos e sensações. O nome desse novo trabalho foi inspirado no filme homônimo da diretora checa Vera Chytilovo. E o primeiro clipe já foi lançado: Montanha-russa mostra a ruivinha mais fofa do que nunca.

Ouça: Pequenas Margaridas e Montanha-russa.

Você vai gostar se curte: Tiê, Tulipa Ruiz e Lulina.

O Glorioso Retorno De Quem Nunca Esteve Aqui, Emicida.

Esse aqui dispensa apresentações, o que é novo na verdade, são os sons. Mas o atrevimento e a coragem de dar a cara à tapas de Emicida, ele carrega desde os primeiros raps. Depois da mais que polêmica com Dedo Na Ferida no ano passado, que aborda o assunto da desocupação da região do Pinheirinho (SP), ele vem ainda mais ousado. E não só as letras, o clipe de Crisântemo, que foi lançado antes do CD, traz cenas fortes que retratam a infância do rapper e participação de Dona Jacira, sua mãe. O disco conta ainda com a participação de Tulipa Ruiz, Pitty, Jussara Marçal, Wilson das Neves e MC Guime. Na última semana, a canção Trepadeira foi alvo de grande discussão nas redes sociais pelo movimento feminista.

Ouça: Hoje Cedo Samba Do Fim Do Mundo.

Você vai gostar se curte: Criolo, Rashid e Flora Matos.

Phill Veras, Valsa e Vapor na Pompéia

DSCN3772 (1)Primeiro, gostaria de pedir desculpas pelo sumiço daqui. Apesar de estar em férias da faculdade recentemente, trabalhar em uma revista semanal é muito puxado. Quando você acha que tudo ficará mais calmo, vem mais um fechamento para deixar os cabelos brancos. Como disse lá na página do blog no facebook (ainda não curte? Pow! Clica aqui), tenho muito conteúdo para compartilhar com vocês. Entre uma reunião de pauta e outra, sempre arrumo um tempinho pra passear e como a nossa cidade é linda e cheia de cultura, não é mesmo?

Mas chega de enrolação e vamos ao que interessa. Semana passada compareci a mais uma edição do projeto Prata da Casa no Sesc Pompeia. As apresentações acontecem todas as terças-feiras, com músicos que tenham no máximo um disco. Ou seja, espaço aberto para a nova safra brasileira que anda mais bem servida que tudo. No dia 25, foi a vez do maranhense Phill Veras nos presentear com uma apresentação que embalou os corações gelados naquela noite chuvosa.

Normalmente, os ingressos são entregues uma hora antes da apresentação, sem grandes disputas. Porém, aquela não era só mais um espetáculo. Isso porque Phill Veras já tem seu público garantido na internet. O queridinho do site Musicoteca (17.927 downloads) chegou tímido, munido ao seu violão, de bermuda jeans e blusa listrada. Apesar de ter apenas cinco letras em seu EP lançado exclusivamente pela Musicoteca, Phill compõe sem parar desde os seus 14 anos. Acompanhado pelo seu público fiel que curtiu o show inteiro em pé, ele entoou Vício e a dançante Dia Dois. O ponto alto do show foi o coro de Valsa e Vapor: “E somos nós, na valsa e no vapor, nada mais além de nós. Num disco voador, descobrindo os seus lençóis… Lalalalaialaialaia”. Uma graça, encantador!

DSCN3795

Mas como o próprio Phill disse, não dá pra fazer um show apenas com 5 canções, por isso, ele separou algumas exclusivas de seu novo CD que sairá em breve, para cantar nessa apresentação. Sua voz doce casou certinho com a Ana Larousse, que chegou para fazer uma participação pra lá de especial.

DSCN3743Phill agradeceu a todos que ali estavam e após fazer charminho, deixando o palco, o rapaz voltou e cantou Como Nos Meus Sonhos. Nem preciso dizer que fiquei viciada nas canções do moço, não é mesmo? Enquanto não sai o disco novo, sugiro que baixe o EP dele e se delicie com suas letras românticas somadas a melodia calminha.

Você vai amar o Phill se gostar de… Cícero, Bárbara Eugênia, SILVA, Marcelo Jeneci e Pélico.

Baixe gratuitamente.  Fotos: Aline Paz.