Vanessa da Mata lança parceria com BaianaSystem

imagem_release_1025172

“Gente Feliz” é o primeiro single do novo DVD da cantora

Aquecendo o lançamento do seu novo DVD, a cantora Vanessa da Mata lançou o single “Gente Feliz (Sinceridade)”. A faixa conta com a participação do grupo BaianaSystem, que vem se mostrando um dos nomes mais promissores da nova cena musical independente. Misturando os lirismos de Vanessa com eletrônico, batida marcada e rimas afiadas da banda de Salvador, “Gente Feliz (Sinceridade)” será faixa-bônus do DVD “Caixinha de Música”, que chega às lojas em setembro. Continuar lendo “Vanessa da Mata lança parceria com BaianaSystem”

Far From Alaska se reinventa e exibe novas sonoridades em Unlikely

unnamed.jpg
Foto: Murilo Amancio

Um impulso espontâneo, instintivo e natural deu origem as doze faixas de “Unlikely” (2017), o segundo disco do Far From Alaska. Sem deixar de lado o tradicional rock incendiário da banda potiguar, o trabalho passeia por diferentes sonoridades, que se abrem em novos caminhos e atmosferas. O disco chega ao mundo hoje e já está disponível em todas as plataformas digitais. Continuar lendo “Far From Alaska se reinventa e exibe novas sonoridades em Unlikely”

Dez clipes nacionais recém-lançados que você ainda não viu

músicanacional

O mundo da música é mesmo incrível, todos os dias temos materiais diferentes e novos para serem ouvidos e apreciados. Mas a verdade é que, com a rotina corrida, às vezes fica difícil acompanhar tudo o que rolou. Por isso, reuni aqui dez clipes de bandas nacionais que saíram nos últimos dias para vocês conferirem. Me diz qual gostou mais depois, hein?

Continuar lendo “Dez clipes nacionais recém-lançados que você ainda não viu”

O lado B(razuca) do Lollapalooza

large

Se você já garantiu o ingresso para um dos eventos mais esperados desse ano, com certeza, está ansioso para ver os shows principais, não é mesmo? Bandas como Muse, New Order e Phoenix estão nos tops das mais esperadas para a terceira edição do Lollapalooza no Brasil, que acontece nos dias 05 e 06 de Abril, no Autódromo de Interlagos, SP. A banda Arcade Fire, que ajudou a garantir o Oscar de Melhor Trilha Sonora para o filme Her esse ano, também está entre as queridinhas. Porém, se você parar para pensar, pode fazer o seu ingresso de R$290 (por dia) valer muito a pena. Os horários já foram divulgados e se você for um abelhudo esperto e eclético, consegue ver até 8 performances em um só dia de festival. Mais do que assistir um montão de artistas que você gosta, a ideia dessa festa é proporcionar uma experiência diferente ao público. Transitar entre os palcos – esse ano serão cinco – e conhecer músicas novas faz parte desse pacote. Por isso, ao invés de conferir apenas sua banda favorita, que tal chegar mais cedo e apreciar um bom som nacional? Têm para todos os gostos!

Fã de um estilo mais calminho? Então, você não pode perder uma das primeiras grandes apresentações do dia. O capixaba SILVA faz parte dessa nova e rica safra de música brasileira comum em sites como Musicoteca  e acabou de lançar seu novo trabalho, Vista Pro Mar, que foi gravado em Lisboa. Teve a impressão de já ter ouvido essa voz antes? Não é um engano, o rapaz fez uma participação especial em Monomania, da Clarice Falcão, com a canção Eu Me Lembro. Porém, se prefere algo mais animado, não perca o baiano Lucas Santtana. Munidos a um tipo de bateria digital, letras marcantes e som psicodélico, ele e sua banda apresentam músicas do trabalho O Deus Que Devasta, Mas Também Cura, que fez muito sucesso principalmente na Europa. Não é a toa que eles passaram por 21 cidades diferentes do continente, além de Buenos Aires.

O rock também se faz presente no final de semana energético do bairro de Interlagos. A banda paulista Vespas Mandarinas abre o festival com atitude total. Liderada por Chuck Hipolito – ex-Forgotten Boys e Mtv Brasil – eles apresentam hits como Cobra de Vidro e Santa Sampa do trabalho Animal Nacional, onde contam o cotidiano caótico do paulistano. Já no domingo, os gaúchos do Apanhador Só dominam o Palco Interlagos também no início do dia. O álbum Antes Que Tu Conte Outra foi considerado pela crítica um dos melhores álbuns de 2013.  A ideia dos caras é totalmente experimental, tanto nos acordes destorcidos, como em seus vídeos loucos, ou seja, uma mistura louca que agrada muitos públicos e têm lotado apresentações por aí.

Por outro lado, se o intuito é experimentar uma sonoridade realmente incomum, o seu lugar é na plateia do Digitaria. Formado em 2006, a dupla de Daniela Caldellas e Daniel Albinarti seguem a filosofia que criatividade e sentimento se completam, portanto, devem andar juntos. O som é bem eletrônico e apesar de eles terem origens brasileiras, o trabalho dos dois faz sucesso mesmo lá fora. Algo bem dançante, com pouca presença de voz, mas que envolve a todos. Preste atenção nas batidas de Useless Fantasies, um dos destaques do CD. Apesar de ser um show feito para crianças, o Coisinha chama atenção no palco do Kidzapalooza, que traz diversas atrações infantis. Idealizado por China e acompanhado por Lula Lira e Felipe S., que também fazem parte da banda Mombojó, o Coisinha é um espetáculo super interativo, onde as crianças são convidadas a pintar o cenário, enquanto ouvem grandes clássicos como A Velha Debaixo da Cama, Carimbador Maluco e O Pato Pateta com uma roupagem bem inusitada. As brincadeiras encantam não só as crianças, mas também os pais que podem recordar a doçura da infância. Ou seja, a farra é garantida por essa galerinha.

Outros renomados artistas passarão por lá, como Brothers Of Brazil, Raimundos, Cone Crew Diretoria, Selvagens À Procura da Lei e claro, a apresentação obrigatória de Nação Zumbi. E então, quais as suas escolhas?