Festival S.E.N.S.A.C.I.O.N.A.L! divulga a programação da edição 2020

unnamed (1)

De volta ao período carnavalesco, um dos principais festivais de Minas Gerais reúne nomes como Emicida, BaianaSystem, Duda Beat e Liniker e os Caramelows na Esplanada do Mineirão

De BaianaSystem a Chico César, a programação musical do S.E.N.S.A.C.I.O.N.A.L! não vai deixar ninguém ficar parado. Além da banda baiana e do músico paraibano, o público vai desfrutar de mais de 30 atrações, divididas em três palcos, tendas e chão. As 12 horas de programação contam com shows de artistas como Duda Beat com participação de Gaby Amarantos, Emicida, Liniker e os Caramelows convida Johnny Hooker, Nação Zumbi, Elba Ramalho convida Chico César, Hot e Oreia e Rosa Neon. A oitava edição do festival será realizada na Esplanada do Mineirão, no dia 8 de fevereiro, marcando o início do período carnavalesco de 2020. Os ingressos custam a partir de R$25 e podem ser adquiridos no site sympla.com.br/festivalsensacional.

Além dos dois palcos principais, o S.E.N.S.A.C.I.O.N.A.L! vai contar com o Palco Chacoalha, que apresenta artistas menos conhecidos do grande público, mas com grande potencial para crescer. A intenção é ser também um espaço de divulgação de artistas locais. Entre as atrações, estão confirmadas até o momento: Pequena Morte, Fenda, Nath Rodrigues e Biltre (RJ).

Espalhadas ao longo da Esplanada para divertir o público no caminho entre os palcos, estarão as fanfarras Babadan Banda de Rua, Sagrada Profana, Magnólia, Unidos do Samba Queixinho e G.R.E.S. Cidade Jardim. Fãs de música jamaicana e de música eletrônica também terão seu espaço, nas tendas com o soundsystem Deska e com o coletivo de DJs Masterplano. E não termina por aí: mais artistas serão divulgados ao longo das próximas semanas.

Continuar lendo “Festival S.E.N.S.A.C.I.O.N.A.L! divulga a programação da edição 2020”

Agenda da semana: shows e teatro em São Paulo

8de70fc93db212e58f0a477a1791c951
Foto: Divulgação

Para os apaixonados por festivais e música, neste sábado (02/11), a partir das 12h, rola a quarta edição do Sons da Rua. Consagrado como o maior festival de hip hop da América Latina, o evento ocorre na Arena Corinthians e apresenta mais de 20 atrações, entre elas, Criolo, Karol Conka, Djonga e Rincon Sapiência. Falei mais do evento aqui. Ingressos: de R$ 25 a R$ 90.

conexoes-01

A partir do sábado (02/11), o tradicional Cultura Inglesa Musical fez uma releitura do primeiro musical encenado pelo grupo. “Oh, Verona!”, escrito por Anthony Twistleton e baseado nas obras de William Shakespeare e Carlo Goldoni, conta a história de Zanetto e Tonino, irmãos gêmeos que amam, respectivamente, Rosaura e Beatrice. Separados há anos, os dois se encontram em Verona, cada um a procura de sua amada. Porém, as duas donzelas já têm outros pretendentes: o velho Pancrazio e Lelio, nobre primo de Rosaura.

O espetáculo ocorre até o dia 17 de novembro, sempre às sextas (20h30), sábados (16h e 20h30) e aos domingos (19h), no Teatro Cultura Inglesa (Rua Deputado Lacerda Franco, 333, Pinheiros) com ingressos gratuitos que devem ser retirados com 1 hora de antecedência na bilheteria do local.

365-filmes-projecao-filme-auditorio-ibirapuera-mostra-cinema-sao-paulo

Também no sábado (2/11), acontece um dos eventos mais aguardados pelo público da Mostra: a projeção ao ar livre, na área externa do Auditório Ibirapuera. Todos os anos rola um clássico do cinema com acompanhamento musical ao vivo. Nesta edição do evento, a obra escolhida para a sessão especial foi O Gabinete do Dr. Caligari, filme centenário de Robert Wiene, importante diretor do cinema alemão.

O filme de 1919 é considerado o marco zero e uma das obras-primas do expressionismo alemão no cinema -movimento artístico que distorcia os contornos da realidade, levando um olhar mais surreal e alterado para suas obras. Ingressos: Gratuito.

Continuar lendo “Agenda da semana: shows e teatro em São Paulo”

coala.lab eterniza o encontro de Kevin o Chris com o duo DKVPZ no EP FLVXO DO FVTVRO

unnamed (2)
Foto: Helena Yoshioka / @salamandrine
Plataforma de música do Coala Festival, evento totalmente dedicado à música brasileira, estreia com EP de um dos maiores nomes do funk brasileiro

Um dos pontos altos do Coala Festival 2019 foi o encontro entre a dupla de produtores DKVPZ com Kevin o Chris, um dos principais nomes do funk 150 BPM, gênero que saiu da favela carioca para ganhar o mundo. Na ocasião, os artistas performaram músicas como “Vamos pra Gaiola”, “Ela É do Tipo”, “Linda Índia”, “Evoluiu” e “Churrascada e Piscina” foi registrada. Agora, o resultado chega aos aplicativos de streaming em formato de EP, intitulado FLVXO DO FVTVRO. O lançamento é feito pelo coala.lab (plataforma de música do festival Coala Festival). Ouça o EP aqui.

Desde a sua primeira edição, em 2016, o Coala realizou muitos momentos únicos e que aconteceram só dentro do festival. “A partir disso, começamos a pensar em alguma forma de manter esses conteúdos vivos e disponíveis em uma escala maior”, diz Gabriel Andrade, um dos curadores e sócio-fundador do Coala Festival.

A parceria entre o DKVPZ com o Kevin o Chris surgiu então como a primeira oportunidade de eternizar uma colaboração que aconteceu no evento. “Tô buscando cada vez mais trabalhar com artistas de outras cenas pra somar no funk e acho que os caras do DKVPZ fizeram isso muito bem nesse EP”, diz Kevin. “A mistura ficou muito braba, fiquei bem feliz”, completa.

O EP FLVXO DO FVTVRO marca o primeiro lançamento oficial do coala.lab, que no ano passado teve como projeto piloto a  comunicação e a realização do curta-metragem do disco BLVESMAN, do rapper Baco Exu do Blues. Foi uma parceria com agência AKQA e a produtora Stink e que rendeu importantes prêmios, entre eles o Grand Prix na categoria “Entertainment for Music” do Cannes Lions.

“Uma das ideias com o coala.lab é a de aproximar a arte do entretenimento, produzir trabalhos que tenham apelo popular, mas também tragam uma linguagem artística”, explica Gabriel Andrade.

Além do EP FLVXO DO FVTVRO, a ação do coala.lab junto ao DKVPZ e ao Kevin o Chris prevê ainda o lançamento de um registro audiovisual. Em breve, mais informações.

Ouça FLVXO DO FVTVRO aqui

Sons da Rua 2019: Criolo, Djonga, Karol Conka e Rincon Sapiência garantem a festa na Arena Corinthians

O evento que já está na 4ª edição, traz elementos da cultura do hip hop, como: rap, rimas, beatbox, break, grafitti e skate

Flyer sons da Rua 2019

Consagrado como o maior festival de hip hop da América Latina, o Sons da Rua chega  à 4ª edição em 2019, e leva a diversidade dessa cultura para a Arena Corinthians, no dia 2 de novembro (sábado). Com 10 horas de música, serão mais de 20 atrações, várias atividades paralelas (palco de Batalha de Rimas, espaço de tranças, entre outros) e food trucks para alimentar a galera.

Entre os destaques da programação, que reunirá diferentes estilos da cena, está Criolo que leva o discurso incisivo, a poesia e a tradição da brasilidade revolucionária ao evento. E ainda, transitando com absoluta liberdade em diversas esferas da música, Cynthia Luz, dona de um vozeirão e músicas cheias de melodias.

Também se apresentará no palco Sons da Rua, a rapper curitibana Karol Conka. Sem muitos limites e com verdade e carisma de sobra, a artista vai passando sua mensagem de empoderamento feminino e contra o racismo. Já as rimas sagazes, a mistura do beat com batuque, funk, ciranda e samba são as marcas registradas do rap de Rincon Sapiência. Completa o line-up dessa edição o músico Djonga, com a sua lírica afiada e fortes críticas sociais nas composições. O artista retorna ao festival defendendo o seu “Ladrão”, disco lançado em 2019.

Continuar lendo “Sons da Rua 2019: Criolo, Djonga, Karol Conka e Rincon Sapiência garantem a festa na Arena Corinthians”

Festival CoMA anuncia programação dividida por palcos e horário

unnamed.jpg

Festival CoMA chega à sua terceira edição como um dos eventos mais aguardados do Centro-Oeste, além de ter se estabelecido no circuito de relevantes festivais do país. Agendado do dia 2 a 4 de agosto de 2019, o CoMA – Convenção de Música e Arte arma a sua estrutura no Eixo Monumental, em Brasília, e traz nomes como Ney Matogrosso, Liniker e os Caramelows e BaianaSystem em sua programação, que conta com mais de 40 shows.

O primeiro dia do festival, 2 de agosto, sexta-feira, é marcado pela já tradicional festa de abertura, que, neste ano, acontece no mesmo espaço do festival. Na ocasião, se apresentam: DJ A, ATR, Da Cruz (Suíça), Sate (Canadá) e Forró Red Light.

Agora, o CoMA aproveita também para anunciar a programação dos dias 3 e 4 de agosto dividida por palcos e horários. As apresentações serão espalhadas pelo Complexo CoMA, que é composto pelo Gramado da FUNARTE (onde estarão montados dois grandes palcos: Norte e Sul), o Clube do Choro, o Planetário e a Tenda Conexões. Continuar lendo “Festival CoMA anuncia programação dividida por palcos e horário”

Coala Festival espalha música por casas de shows de São Paulo na semana da sua sexta edição

unnamed (4).jpg

A ação é apresentada pela Amstel, cerveja oficial do evento

No ano passado, o Coala Festival comemorou os seus cinco anos de existência realizando um dia extra de evento, o que se mantém em 2019. A ideia dos organizadores é, a cada ano, expandir a sua presença no calendário da cidade com uma programação musical mais ampla. A chamada Semana Coalática será uma série de eventos nos dias que antecedem o festival e vai passar pela Casa Natura MusicalBonaKingston Club SP. Trata-se de uma ação apresentada pela Amstel, cerveja oficial do Coala.

Bona inicia a série de apresentações no dia 3 de setembro (terça-feira), quando recebe Mestrinho.  O cantor e sanfoneiro sergipano já tocou com nomes como Elba Ramalho e Dominguinhos. Na ocasião, ele apresenta músicas que passam pelo forró, xote e baião. Com uma pegada mais pop, o recente single “Ansioso pra Viver” também deve aparecer no repertório. “A gente quer que aquele clima que rola no fim de semana do Coala se estenda por mais tempo e criar uma agenda de shows paralelos foi a maneira que encontramos para a galera ir aquecendo para o festival”, diz Gabriel Andrade, sócio-fundador e também um dos curadores do evento.

Festival Sarará terá Gilberto Gil, encontro de Djonga com Mano Brown e de Duda Beat com Pabllo Vittar

unnamed (3).jpg
Foto: Qu4rto Studio

Evento, que tem ainda BaianaSystem, Baco Exu do Blues e Lagum convidando IZA, acontece no dia 31 de agosto, na Esplanada do Mineirão, em Belo Horizonte

Gilberto GilDuda Beat convida Pabllo VittarBaco Exu do BluesDjonga convida Mano BrownBaianaSystemLagum convida IzaSilva e Letrux com participação de Marina Lima. Com esse time de peso, o Sarará chega à sua sexta edição em 2019. O público vai conferir os shows em dois grandes palcos, na Esplanada do Mineirão. Quatro coletivos de BH também estarão presentes: Alta Fidelidade e Noite Maravilhosa fazem suas festas na área open bar; já 1010 e Lá da Favelinha se apresentam em espaços abertos a todos. O festival será realizado no dia 31 de agosto, das 12h até a meia-noite. Os ingressos estão à venda no site sympla.com.br/festivalsarara e nas lojas Lojas Chilli Beans (BH Shopping, Pátio Savassi, Diamond Mall) e custam entre R$50 e R$240.

Gilberto Gil foi escolhido para ser o headliner do festival. O cantor e compositor lançou o álbum de inéditas OK OK OK no final de 2018 e, atualmente, viaja pelo país em turnê para divulgar o trabalho. Porém, no Sarará, Gil vai revisitar seus mais de 50 anos de carreira para apresentar hits de diferentes épocas. O público pode se preparar para cantar junto com um dos grandes nomes da MPB.

Sempre atenta ao que está movimentando a música brasileira contemporânea, a produção do festival selecionou alguns dos artistas mais relevantes da atualidade em seu line up. Depois de estourar com o elogiado Esú, o rapper baiano Baco Exu do Blues lançou Bluesman no ano passado e agora traz o novo trabalho para Belo Horizonte. Já Letrux, nome artístico de Letícia Novaes, apresenta seu show performático, dessa vez com Marina Lima, com quem já vem construindo parceria há algum tempo.

O Futuro Não Demora é o disco mais recente do BaianaSystem, banda que trouxe um novo gás para a música baiana nos últimos anos e conquistou o país com sua sonoridade singular. O grupo de Russo Passapusso é um dos mais requisitados pelo público nas redes sociais do Sarará. Outra nordestina que estará presente é a pernambucana Duda Beat. Em 2018, ela lançou o álbum de estreia Sinto Muito e, desde então, está no radar da nova música brasileira. No festival, ela vai contar com a participação da cantora Pabllo Vittar.

Representando os mineiros na programação, está um dos artistas de maior destaque de BH, atualmente: Djonga. Em março, o rapper lançou o aguardado disco Ladrão, em que fala sobre racismo, história, opressão e também celebra sua trajetória como artista negro, em rimas ácidas e afiadas. No Sarará, Djonga vai contar com a participação de um dos maiores nomes do rap nacional, Mano Brown.

A mineira Lagum vai apresentar o show “Coisas da Geração”, baseado no trabalho mais recente da banda. No Sarará, o grupo recebe como convidada especial a cantora Iza. O festival também traz o cantor, compositor e multi-instrumentista Silva. Com 5 discos lançados, o capixaba tem um álbum só com músicas de Marisa Monte e, em 2018, gravou faixa em parceria com Anitta.

Continuar lendo “Festival Sarará terá Gilberto Gil, encontro de Djonga com Mano Brown e de Duda Beat com Pabllo Vittar”