Emicida reúne Pabllo Vittar e Majur em “AmarElo”, faixa-título do seu próximo projeto de estúdio

unnamed (8).jpg
Foto: Fernando Schlaepfer

Após exaltar de onde emana o poder verdadeiro no single “Eminência Parda”, Emicida encaixa mais uma peça em seu próximo projeto de estúdio, que ele tem preferido chamar de experimento social em vez de disco – “apesar de ser nobre conduzir uma experiência sonora por, mais ou menos, uma hora, é preciso ter cuidado para cultura da música não ser engolida pela cultura das plataformas”. Lançada pela Laboratório Fantasma e distribuída pela Sony Music, “AmarElo” é a segunda música apresentada pelo rapper paulista e também a faixa que dá nome ao novo trabalho que está sendo proposto por ele. Ouça aqui.

“No primeiro passo desse processo, a nossa intenção era que as pessoas se sentissem grandes ao olharem no espelho. Agora, a ideia é que elas observem ao redor e se enxerguem maiores do que os seus problemas, independente de quais sejam”, diz Emicida. Para isso, o artista convidou as cantoras Pabllo Vittar e Majur para participarem do registro. Elas dão voz ao poema “Permita que Eu Fale”, do próprio Emicida, e a um trecho de “Sujeito de Sorte”, de Belchior. “As duas trazem, em suas vivências e em suas obras, histórias bonitas a respeito de acreditar em si e de lutar contra o mundo para ser quem são”, pensa Emicida.

Continuar lendo “Emicida reúne Pabllo Vittar e Majur em “AmarElo”, faixa-título do seu próximo projeto de estúdio”

Emicida faz referência a Criolo na capa do single “AmarElo”

unnamed (7).jpg

Emicida anunciou o nome e a data de lançamento do seu próximo single. Gravada com a participação de Pabllo Vittar e Majur, a música “AmarElo” chega nas plataformas no dia 25 de junho (terça-feira). O videoclipe, registrado no Complexo do Alemão, no Rio de Janeiro, também ficará disponível no YouTube do rapper paulista.

Agora, Emicida apresenta a capa do single, que faz uma referência à capa do álbum Ainda Há Tempo, lançado por Criolo em 2006.
Continuar lendo “Emicida faz referência a Criolo na capa do single “AmarElo””

Confira vídeo de “Hacia El Amor”, nova música de Emicida e o duo Ibeyi

unnamed.png

No ano passado, quando lançou o single “Hacia El Amor” com o duo franco-cubano IbeyiEmicida escreveu: “sinto em minhas novas amigas, as Ibeyi, a energia dos espíritos antigos que retornam para contar suas histórias e dividir sua grandeza em novas plataformas”. Um ano depois, a narrativa continua sendo escrita em parceria. O rapper paulista e as irmãs gêmeas Lisa-Kaindé e Naomi Díaz foram anunciados em um show conjunto no palco Sunset do Rock in Rio.

Para celebrar o encontro ao vivo, que acontece no palco do festival no dia 3 de outubro, Emicida liberou um vídeo com as cenas da gravação da música “Hacia El Amor”, que foi registrada no estúdio da Laboratório Fantasma, em São Paulo. Assista aqui.

“Hacia El Amor” é de autoria de Emicida, Lisa-Kaindé e Naomi Díaz, Maya Dagnino (mãe das gêmeas) e Marcio Arantes (também produtor da faixa). “É uma canção que compusemos em conjunto, passeia por idiomas mil, agogôs e sintetizadores convivendo em paz”, diz Emicida. “Como nos terreiros pequenos de quebrada, onde em uma casa está acontecendo a gira e na casa do lado alguém assiste Stranger Things e o som de ambos em algum momento se torna uma coisa só”, completa.

Emicida e Rael lançam álbum em parceria com rappers portugueses

imagem_release_954813.jpg

Língua Franca. Língua verdadeira. Língua partilhada. Língua dividida. Língua herdada. Língua legada. Língua viva. Língua futura. Língua presente. “Língua Franca” é Brasil e Portugal, é Emicida e Rael, Valete e Capicua. “Língua Franca” é rap. E muito mais.

O rapper de São Paulo Emicida tem sido um dos mais ativos construtores de pontes entre as realidades urbanas dos dois lados do Atlântico. Em Portugal, realizou vários concertos poderosos, recrutando aliados a cada novo palco que pisava. O hip hop, o rap, a língua provaram ser cordões umbilicais capazes de ligar duas culturas distintas, dois países longínquos unidos e desunidos pela história, dois sabores singulares que se sente no ouvido. Daí à “Língua Franca” foi um passo.

Continuar lendo “Emicida e Rael lançam álbum em parceria com rappers portugueses”

Coala Festival confirma Caetano Veloso, Emicida, Liniker e os Caramelows na quarta edição

18403386_808728155959460_7890468507701886039_n.jpg

Caetano Veloso, Emicida e Liniker e os Caramelows são algumas das atrações confirmadas; no Coala Festival que ocorre no dia 12 de agosto, no
Memorial da América Latina

Quando surgiu, em 2014, o Coala Festival tinha como objetivo realizar um evento que reunisse atrações musicais que não eram vistas em grandes palcos – muitas vezes consideradas como alternativas, mas responsáveis por movimentar um circuito fervilhante de São Paulo. Agora, em sua quarta edição, o festival celebra o feito de ter se tornado um dos mais aguardados da agenda cultural da cidade. No dia 12 de agosto, ocupa mais uma vez o Memorial da América Latina, espaço onde é realizado desde a sua primeira edição.

A cada ano, o Coala tem como desafio tornar a programação mais diversa e democrática, tendo o cenário musical brasileiro como cerne – e a preocupação de equilibrar a presença de artistas em diferentes momentos da carreira. Em 2017, Caetano Veloso marca a presença no line-up como a principal atração do evento. Praticamente uma entidade para as novas gerações da música nacional, o cantor e compositor baiano mantém frescor na produção atual, inclusive fazendo parcerias com gerações mais novas. Emicida foi um dos nomes que contou com uma participação especial de Caetano Veloso. Ele emprestou a voz ao refrão da faixa “Baiana”, que está no disco mais recente do rapper, “Sobre Crianças, Quadris, Pesadelos e Lições de Casa” (2015). Continuar lendo “Coala Festival confirma Caetano Veloso, Emicida, Liniker e os Caramelows na quarta edição”

“A Chapa É Quente” é a nova parceria entre Emicida e Rael

18199194_1411434705580864_1946457904884315198_n.jpg

Faixa integra álbum “Língua Franca”, em parceria com rappers portugueses

Ontem os rappers paulistanos Emicida e Rael divulgaram mais um single do projeto “Língua Franca”, álbum em parceria com os portugueses Capicua e Valete. Já disponível nas plataformas digitais, “A Chapa É Quente” traz versos afiados sobre a violência dos morros em um dueto dos dois artistas brasileiros, que ainda inclui a tradicional batida do funk carioca. A faixa é a segunda música liberada do álbum, que tem lançamento físico e digital no dia 26 de maio. Vocês estão ansiosos? Continuar lendo ““A Chapa É Quente” é a nova parceria entre Emicida e Rael”

Agenda da semana: Show do trabalhador, Marcelo Jeneci e feminismo

São Paulo é a cidade que não para, então ás vezes, fica difícil escolher o que fazer, não é mesmo? Por isso, viemos aqui dar uma ajudinha para você curtir seu final de semana prolongado da melhor forma.

18119579_1316864175068799_4171997072347515060_n.jpgA segunda-feira de feriado é também um dia de luta. A CUT São Paulo, Frente Brasil Popular e Povo Sem Medo organizam um ato que sai da Avenida Paulista 14h, em seguida, cortejo do Ilú Obá De Min e do Trio Sinhá Flor regem o caminho até a Praça da República. Lá, dá-se início às apresentações: 16h, Bixiga 70; 17h30, As Bahias e a Cozinha Mineira; 19h, Leci Brandão; 20h, MC Guime; 21h, Emicida. Tudo aberto e de graça! ❤ Continuar lendo “Agenda da semana: Show do trabalhador, Marcelo Jeneci e feminismo”