Emicida reúne Pabllo Vittar e Majur em “AmarElo”, faixa-título do seu próximo projeto de estúdio

unnamed (8).jpg
Foto: Fernando Schlaepfer

Após exaltar de onde emana o poder verdadeiro no single “Eminência Parda”, Emicida encaixa mais uma peça em seu próximo projeto de estúdio, que ele tem preferido chamar de experimento social em vez de disco – “apesar de ser nobre conduzir uma experiência sonora por, mais ou menos, uma hora, é preciso ter cuidado para cultura da música não ser engolida pela cultura das plataformas”. Lançada pela Laboratório Fantasma e distribuída pela Sony Music, “AmarElo” é a segunda música apresentada pelo rapper paulista e também a faixa que dá nome ao novo trabalho que está sendo proposto por ele. Ouça aqui.

“No primeiro passo desse processo, a nossa intenção era que as pessoas se sentissem grandes ao olharem no espelho. Agora, a ideia é que elas observem ao redor e se enxerguem maiores do que os seus problemas, independente de quais sejam”, diz Emicida. Para isso, o artista convidou as cantoras Pabllo Vittar e Majur para participarem do registro. Elas dão voz ao poema “Permita que Eu Fale”, do próprio Emicida, e a um trecho de “Sujeito de Sorte”, de Belchior. “As duas trazem, em suas vivências e em suas obras, histórias bonitas a respeito de acreditar em si e de lutar contra o mundo para ser quem são”, pensa Emicida.

Continuar lendo “Emicida reúne Pabllo Vittar e Majur em “AmarElo”, faixa-título do seu próximo projeto de estúdio”

francisco, el hombre convida para suar até a última gota no clipe de “ENCALDEIRANDO:: aqui dentro tá quente”

unnamed (13)

Uma conversa entre o blasé e o efervescente, “ENCALDEIRANDO:: aqui dentro tá quente” é uma das faixas que dá o tom do recém-lançado disco RASGACABEZA, da banda francisco, el hombre. A música acaba de ganhar um videoclipe que é um convite à catarse, além de carregar uma pegada pop e acompanhar uma das premissas do novo álbum: a dança. Assista aqui.

Os versos “Pode ser, pode pá, pode crer/ C’est la vie, tanto faz, tanto fez” se encontram com “Aqui dentro tá quente e tá ficando mais/ Dá um passo pra frente”. Eles são uma convocação para sentir o clima do que o quinteto se propõe em cima do palco. “Quando começamos a fazer esse disco, a gente queria comunicar a mensagem, mas, além disso, a ideia era que as palavras gerassem movimento”, conta Mateo Piracés-Ugarte, que integra o grupo ao lado de Sebastián Piracés-Ugarte, Juliana StrassacapaAndrei Martinez Kozyreff e Rafael Gomes. “Nos entregamos tanto nos shows, pulamos e dançamos tanto, queríamos que as músicas instigassem a galera a fazer isso também”, completa.

Então dá o play no clipe, um convite para quem ainda ainda está indiferente, um chamado para suar até a última gota e sentir a vibe que a banda propõe no ao vivo.

Xenia França parte para o espaço em busca de autoconhecimento no videoclipe de “Nave”

unnamed (14)

A americana Mae Carol Jemison se tornou a primeira mulher negra a ir ao espaço. Foi parte da tripulação de um ônibus espacial — o Endeavour, na missão STS-47, que orbitou a Terra do dia 12 ao dia 20 de setembro de 1992. Em entrevista à Associated Press, ela disse: “É importante para uma menina negra crescer sabendo que, sim, você pode ser uma astronauta, aqui estou eu, por exemplo”. E ressaltou: “Mas mais importante ainda é que homens brancos mais velhos, que muitas vezes tomam decisões pelas carreiras dessas meninas, entendam isso”. Essa breve introdução é para reforçar que representatividade sempre será um assunto relevante na carreira da cantora e compositora baiana Xenia França. No dia 21 de março, quinta-feira, ela lança um videoclipe sci-fi da canção “Nave”, no qual a sua personagem Xaniqua vive uma expedicionária espacial solitária que viaja pelo cosmos em busca de vestígios de vida em diferentes planetas. O vídeo está disponível no canal de YouTube da artista (assista aqui).

A produção do clipe da música, que tem direção da Filmes da DIABA (Camila Maluhy e Octávio Tavares), teve duração de um ano. “No meu processo de autoconhecimento, percebi que somos muito maiores do que imaginamos e que o que está lá fora no cosmos tem muito a dizer sobre o que temos aqui dentro da Terra e dentro de nós”, pensa Xenia França. “Sou muito interessada em saber mais sobre quem eu sou por meio do estudo do Espaço. Tenho curiosidade sobre assuntos como alquimia, física quântica, astrologia e algumas das tecnologias poderosas criadas pelos nossos ancestrais e que guiam nossos passos até hoje. Por isso, Xaniqua é uma personagem conectada com a natureza e representa um pouco da minha visão da vida e como sinto as coisas. Tudo está interligado. O universo é incrível e quanto mais nos conhecermos mais aprenderemos sobre quem nós somos de verdade”, completa.

Faixa do elogiado disco de estreia-solo da cantora, intitulado Xenia (2017), “Nave”, de autoria de Verônica Ferriani e Clarice Peluso, resultou nessa superprodução audiovisual que retrata ainda a primeira brasileira negra a ir ao espaço. “Mesmo tendo exemplos como o de Mae Carol Jemison, o cinema e a cultura pop ainda ignoram esse tipo de representatividade em suas produções”, conclui Xenia.

Pabllo Vittar lança clipe emocionante e urgente de “Indestrutível”

imagem_release_1253607.jpg

A cantora Pabllo Vittar lança hoje, dia 10 de abril, o emocionante vídeo da canção “Indestrutível”. Este é o sexto e último videoclipe do disco “Vai Passar Mal” (2017).

O clipe é ambientado em uma memória dolorosa de adolescência cercada pela homofobia, ódio, discriminação e intolerância. A primeira cena é mesclada com a informação, em fundo preto, que diz: “73% dos jovens LGBTs sofrem bullying nas escolas”. Continuar lendo “Pabllo Vittar lança clipe emocionante e urgente de “Indestrutível””

5 clipes lançados em 2018 que talvez você não tenha visto

1. Dolores 602 divulga Cartografia

Por meio de uma atmosfera poética e política, a banda mineira Dolores 602 lançou o clipe de “Cartografia”. A música, que também dá nome ao disco de estreia do grupo, apresenta em sua versão audiovisual o corpo como casa de uma individualidade a ser respeitada, um universo de experiências, possibilidades, marcas e sensações únicas. Dirigido por Xande Pires, com produção da Imago Filmes, “Cartografia” marca uma nova fase da Dolores 602, colocando em discussão a pauta do dia (e da vida): a luta pela liberdade de sermos quem somos.

Continuar lendo “5 clipes lançados em 2018 que talvez você não tenha visto”

“Tanto Faz” é primeiro single da carreira-solo de Tim Bernardes

unnamed (2)

Vocalista da banda O Terno revela primeira música e já tem data marcada para o show de lançamento no Auditório Ibirapuera

Desde que apareceu submersa no clipe da faixa “66”, em 2012, a banda O Terno chamou atenção por onde passou. Com três álbuns na discografia, o grupo traçou uma trajetória bastante sólida (e segue firme na caminhada). O último feito do trio esteve em diversas das listas de Melhor Disco do Ano, em 2016. Mas um punhado de canções criadas pelo cantor e compositor, Tim Bernardes, acabaram ganhando um outro destino, pois faziam mais sentido juntas em outro contexto (no caso, na carreira-solo do vocalista). Agora, Tim Bernardes se prepara para mostrar o primeiro disco-solo. Intitulado “Recomeçar”, o trabalho chega nas principais plataformas de streaming em setembro. Hoje, contudo, ele apresenta uma prévia do que vem por aí com o lançamento do videoclipe da faixa “Tanto Faz”. Dá o play:

Continuar lendo ““Tanto Faz” é primeiro single da carreira-solo de Tim Bernardes”

“Corpo Sensual”: Pabllo Vittar lança clipe com participação de Mateus Carrilho, da Banda Uó

imagem_release_1060342.jpg

Depois de “K.O.”, é a vez de “Corpo Sensual” ganhar clipe estrelado pela cantora

A cantora Pabllo Vittar acaba de lançar seu novo videoclipe, que ilustra o hitCorpo Sensual”. Gravado em São Bento do Sapucaí, na Serra da Mantiqueira, em São Paulo e Dirigido por João Monteiro e Fernando Morais o vídeo traz a participação de Mateus Carrilho, da Banda Uó, que divide os vocais da música com Pabllo. Em clima sensual e dançante, como já é característico da artista, o vídeo trouxe elementos da cidade de interior, contando com um bar e a casa de um morador como cenários. Confere aí:

Continuar lendo ““Corpo Sensual”: Pabllo Vittar lança clipe com participação de Mateus Carrilho, da Banda Uó”