25 anos de Pussy Whipped: Brasileiras se reúnem em releitura de disco emblemático de Bikini Kill

Idealizado pela Hérnia de Discos, o álbum conta com grandes nomes do punk feminino

capa

Considerada pioneira do movimento Riot Grrrl, a banda norte americana Bikini Kill comemora em 2018 os 25 anos do lançamento de “Pussy Whipped”, seu disco de estreia. Notório por letras com conteúdo feminista radical e performances incendiárias, o grupo acaba de ganhar uma coletânea brasileira que revisita o álbum. “Insubmissas – 25 anos de Pussy Whipped” tem assinatura do selo paulistano Hérnia de Discos. Ouça aqui.

Formada em Olympia, Washington, em 1990, Bikini Kill contava com a vocalista e compositora Kathleen Hanna, o guitarrista Billy Karren, a baixista Kathi Wilcox e a baterista Tobi Vail. Influenciada pelo hardcore e pelo punk, lançou dois álbuns, vários EPs e duas compilações, se separando em 1997. “Pussy Whipped” o primeiro álbum oficial da banda, conta com músicas que revolucionaram o feminismo jovem nos anos 90 e continuam como principal referência de bandas de mulheres no rock.

in_venus_ Gi_MeiraIn Venus – Crédito: Gi Meira

Continuar lendo “25 anos de Pussy Whipped: Brasileiras se reúnem em releitura de disco emblemático de Bikini Kill”

Vlog: 1ª edição do Femme Fest

Domingo, 28/05, as minas se uniram lá na Trackers para apresentar o melhor do riot girl em um único festival: o Femme Fest. A primeira edição contou com participação das bandas Bloody Mary Una Chica Band, Winteryard, Caos Dentro e Weedra. Organizado por Pryka Almeida, o evento deu espaço para mulheres empreendedoras e também artistas do audiovisual. Confere o vídeo, porque foi um domingo bem lindo!

Agenda da semana: Show do trabalhador, Marcelo Jeneci e feminismo

São Paulo é a cidade que não para, então ás vezes, fica difícil escolher o que fazer, não é mesmo? Por isso, viemos aqui dar uma ajudinha para você curtir seu final de semana prolongado da melhor forma.

18119579_1316864175068799_4171997072347515060_n.jpgA segunda-feira de feriado é também um dia de luta. A CUT São Paulo, Frente Brasil Popular e Povo Sem Medo organizam um ato que sai da Avenida Paulista 14h, em seguida, cortejo do Ilú Obá De Min e do Trio Sinhá Flor regem o caminho até a Praça da República. Lá, dá-se início às apresentações: 16h, Bixiga 70; 17h30, As Bahias e a Cozinha Mineira; 19h, Leci Brandão; 20h, MC Guime; 21h, Emicida. Tudo aberto e de graça! ❤ Continuar lendo “Agenda da semana: Show do trabalhador, Marcelo Jeneci e feminismo”

Agenda feminista de São Paulo

Cada vez mais, o feminismo tem sido debatido em espaços (públicos ou não), mas nem sempre as pessoas sabem sobre esses encontros. Por isso, eu decidi reunir os eventos mais legais que rolam na cidade nos próximos dias. Encontre um – ou todos – para amar e fortalece aí o rolê das minas!

16819102_914636088638839_1884804533693683123_o.jpg

Continuar lendo “Agenda feminista de São Paulo”