Retrospectiva Spotify: sua década da descoberta

Blue Dynamic Fitness Youtube Thumbnail

Retrospectiva Spotify 2019 revela suas tendências de streaming, de 2010 até agora

A década de 2010 está chegando ao fim e em breve estaremos vivendo uma nova experiência dos tão aguardados anos 20. Será que o jazz se tornará o gênero predominante novamente? Só o tempo dirá.

Se os últimos dez anos aparentemente voaram ou demoraram para passar, você certamente experimentou uma década de mudanças e crescimento. Você pode até relembrar fotos de como você e seus entes queridos amadureceram ou brilharam ao longo dos anos. Mas e como foi sua experiência na música e no áudio?

De 2010 a 2019, você provavelmente descobriu novas músicas e podcasts, se apaixonou por canções antigas e talvez até tenha começado a apreciar um ou dois novos gêneros. É por isso que este ano, não apenas trazemos de volta a sua “Retrospectiva Spotify” anual personalizada, mas também mostraremos como foi a experiência em áudio de nossos usuários ao longo da última década.

Continuar lendo “Retrospectiva Spotify: sua década da descoberta”

Pitty conquista o prêmio de Melhor Cantora do Ano no WME Awards; confira a lista de vencedoras

Pitty (4).JPG
Foto: Casa Lab

Pitty foi um dos destaques da noite, levando dois prêmios, nas categorias “Melhor Música Alternativa” e “Melhor Cantora”. Entre os momentos altos da transmissão destacou-se também a apresentação das rappers indígenas Katu Mirim e Kaê Guajajara, que fizeram um discurso que foi aplaudido de pé

Na última terça-feira,3, aconteceu o a terceira edição do WME Awards by Music2! – primeiro prêmio totalmente dedicado às mulheres do universo musical. A premiação teve transmissão ao vivo pelo canal TNT com direito a tapete vermelho comandado por Carol Ribeiro e Karol Conká, que no início do evento entrevistaram diversas artistas, entre elas, Ana Cañas, Lei Di Dai, Sarah Oliveira e Gaby Amarantos, entre muitas outras.

Ao longo da noite, 16 mulheres foram premiadas. Entre elas Pitty, a única a levar dois prêmios pra casa: Melhor Cantora e Melhor Música Alternativa com Noite Inteira, faixa que ela apresentou na abertura do prêmio. Yasmin Santos, sertaneja e uma das rainhas da sofrência, levou o prêmio de Revelação deste ano, uma das categorias votadas pela internet. A cantora e instrumentista Mahmundi também levou uma das estatuetas em formato de peito para casa, pelo reconhecimento de seu trabalho como produtora musical. (Confira todas as vencedoras abaixo)

No palco a noite começou com um showzaço de Pitty, acompanhada por um corpo de bailarinas. Foi a única apresentação solo da noite, antecedendo sete featurings, que pincelaram diversos gêneros musicais. Teve funk carioca, com uma apresentação que reuniu Pocah, Deize Tigrona e MC Rebecca, as divas da música independente Luiza Lian e Céu, que cantaram juntas suas novas músicas de trabalho (Coreto e Sou Yabá), a união de duas artistas que colecionam milhões de views, Luisa Sonza e Yasmin Santos, que cantaram Para, Pensa e Volta e Eliane. Também teve pop sofrência de Duda Beat, que cantou Bixinho e depois convidou Gaby Amarantos para juntas cantarem Xanalá.

Um dos momentos altos da premiação foi o discurso forte de Preta Gil que falou sobre as vítimas do baile funk de Paraisópolis, desmatamentos, assassinato de Marielle Franco, entre outras atrocidades que têm assolado o Brasil nos últimos tempos, antes de anunciar o impactante show das rappers indígenas Katu Mirim e Kaê Guajajara. As duas representatividades indígenas foram aplaudidas de pé ao final de suas músicas autorais, aos gritos de “Demarcação Já” vindos da plateia.

Continuar lendo “Pitty conquista o prêmio de Melhor Cantora do Ano no WME Awards; confira a lista de vencedoras”

Conheça os 41 artistas, bandas e coletivos contemplados por Natura Musical em 2020

unnamed.jpg
Créditos: Wesley Allen

Natura Musical anuncia, nesta segunda-feira (25), os 41 novos artistas, bandas e projetos de fomento à cena que serão patrocinados pela plataforma em 2020. A gravação de discos, turnês nacionais, fomento a casas de cultura, projetos de educação musical e documentação de cenas locais estão entre as propostas apoiadas.

“Os novos selecionados falam de lugares e vivências muito diferentes, e vão representar espaços de conexão emocional com muita gente”, afirma Fernanda Paiva, gerente de Marketing Institucional da Natura. “O futuro que queremos construir é coletivo. Ele passa por momentos de tensão, mas com a música somos capazes de chegar num lugar de unidade, respeitando a diversidade. Esses artistas, bandas e projetos de fomento trazem a mensagem de que o futuro pode ser mais bonito com a música e com envolvimento de cada um de nós”, completa.

Continuar lendo “Conheça os 41 artistas, bandas e coletivos contemplados por Natura Musical em 2020”

WME Awards by Music2! anuncia shows e apresentadoras da premiação

Fotos-Duda-Beat-por-Ana-Alexandrino-1-780x405

Com um forte time de convidadas, o evento terá shows de Pitty, Céu, Duda Beat e muito mais, além de apresentação de Preta Gil, Fernanda Lima, Cleo Pires, entre outras convidadas que entregarão os prêmios para as vencedoras

O WME Awards by Music2 – primeiro prêmio totalmente dedicado às mulheres do universo musical – chega à sua 3a edição no dia 3 de dezembro, terça-feira, e será transmitido com exclusividade pelo canal TNT, a partir das 20h30. Já conhecida por seus shows, que misturam artistas e estilos bem diferentes, a premiação acaba de anunciar a lista dos shows que vão rolar durante as duas horas do evento.

Preta Gil é a apresentadora oficial da premiação, que também terá outros nomes de peso se revezando na entrega de prêmios. Estão confirmadas Majur, Duda Beat, Negra Li, Gaby Amarantos, Valesca, Tássia Reis, Maria Beraldo, Tiê, Fátima Pissara, Cleo Pires, As Bahias e a Cozinha Mineira, Lei Di Dai, MC Tha, Ana Thaís Matos, Lorena Calabria, Anelis Assumpção, Sarah Oliveira, Letrux, Lan Lanh, Mayra Maldijan, Florência Saraiva, Karina Buhr, Roberta Martinelli, Titi Muller, Taciana Barros, Fernanda Lima, Debora dos Falsetes, Paula Lima, Karol Conká, Mariana Aydar e Marina Lima.

Entre uma premiada e outra, haverão oito shows exclusivos. Conheça a lista completa dos shows da noite.

1º Show | Música – Noite Inteira | Artista: Pitty

2º Show | Não Sou Obrigada / Injeção / Ao Som de 150 | Artistas: Pocah, Deize Tigrona e MC Rebecca

3º Show (Homenagem Beth Carvalho) | Músicas: As Rosas Não Falam / Folhas Secas / Vou Festejar | Artistas: Luana Carvalho (filha de Beth), Nilze Carvalho, Mãeana

4º Show | Músicas: Sou Yabá / Coreto | Artistas: Luiza Lian e Céu

5º Show | Músicas: Resistência / Mãos Vermelhas | Artistas: Katu Mirim e Kaê Guajajara

6º Show | Música: Para, Pensa e Volta e Eliane. Artistas: Yasmin Santos e Luiza Sonza

7º Show | Música: Bixinho / Xanalá | Artista: Duda Beat e Gaby Amarantos

8º Show (Homenagem Gal Costa) | Músicas: Barato Total, Vaca Profana e Brasil | Artista: Ana Cañas, Preta Gil, Cleo, As Bahias e a Cozinha Mineira, Aíla, Xênia França.

NOVAS CATEGORIAS

Este ano, o evento ampliou criou novas categorias, que são as de Compositora e Escuta as Minas apresentada por Spotify. Além disso, aumentou também o número de apresentadoras e de shows e, pela primeira vez, será transmitido pelo TNT, o canal das premiações, com direito a tapete vermelho, comentaristas e um pacote comercial exclusivo de patrocínio.

A grande homenageada da noite será a cantora Gal Costa, que será celebrada ao longo do evento, que reserva diversas surpresas. A cada ano o WME Awards by Music2! escolhe uma grande artista para ser celebrada durante o evento. Este ano, a merecidíssima homenagem póstuma será para Beth Carvalho, uma das maiores sambistas do Brasil, falecida em abril deste ano, aos 72 anos.

Saiba o que os novos álbuns de Rael, Emicida, Drik Barbosa e Rincon Sapiência têm em comum

75210652_1713985535403948_3764782415424258048_o.jpg
Foto: Victor Balde

Os artistas contam todos os detalhes, segredos e inspirações por trás dos novos álbuns no Faixa a Faixa

Rael, Emicida, Drik Barbosa e Rincon Sapiência. O que eles têm em comum, além do rap? Ou, melhor, o que seus últimos discos têm em comum? A Deezer, plataforma de streaming global de música, convidou esses artistas para te contar.

Durante novembro, a Deezer criou o canal ‘Mês da Consciência Negra’, com conteúdo de artistas e produtores negros. Isso também inclui conteúdos exclusivos Deezer, como o Faixa a Faixa – playlist comentada pelos próprios artistas, onde eles contam todas as histórias, inspirações e segredos por trás de cada track.

A cada terça-feira é lançado um Faixa a Faixa e, o que os artistas falam, é um deleite para os ouvintes. O que une os quatro álbuns é a inspiração na cultura africana. Além disso, de certa forma, também se conectam ao levantar questões sociais.

O álbum ‘Mundo Manicongo: Dramas, Danças e Afroreps’, de Rincon Sapiência, será lançado na próxima segunda-feira (25) e o Faixa a Faixa no dia seguinte (26), mas já vamos dar um spoiler. O apelido do rapper (Manicongo) deu origem ao nome do álbum e à faixa introdutória: ‘Mundo Manicongo’ – a track inclusive tem versos bem livres, não tem muitas melodias, tem a linguagem do Emicida e as rimas bem presentes. Recheado de africanidades, afrobeats e afroraps, ele brinca no Faixa a Faixa que pegou diversas referências nacionais e internacionais – como músicas africanas e baianas, rap nacional e funk 150 bpm – e adicionou o ‘tempero’ de Manicongo.

No geral, o disco tem uma linguagem bem diferente do que já fez anteriormente, mas o verso livre ‘Primeiro Volante’ finaliza o disco de um jeito bem velho Rincon. Toda direção e produção musical foram feitas pelo próprio rapper e ele conta com algumas colaborações especiais nas tracks com Lellê, 3Duquesa, Audácia, ÀTTØØXXÁ, Rael, Gaab e Mano Brown.

Outro lançamento aconteceu nesta segunda-feira, 18. Drik Barbosa estreou seu primeiro álbum, que tem como título seu próprio nome. Com muito love song e uma mistura com pagode e energia baiana, seu disco fala, principalmente, sobre a mulher negra, a herança musical e a liberdade feminina. No seu Faixa a Faixa, Drik conta que a música ‘Liberdade’ foi um presente do Emicida e fala sobre como temos que mudar os pensamentos do machismo estrutural.

Em ‘Luz’, a mensagem segue forte. De acordo com Drik, “estamos passando, principalmente agora, por um momento muito tenso no país e no mundo. Falar em ser luz em momentos tão sombrios é muito importante. Precisamos dessa motivação e esperança de que carregamos coisas boas dentro de nós e vamos conseguir mudar as coisas ao sentir amor e se sentir abençoado e iluminado”.

E falando em bênçãos e amor, Rael vem com o disco ‘Capim Cidreira’. O nome do álbum se deu por conta de uma lembrança materna: sua avó era benzedeira e fazia muito chá de capim cidreira. O disco é calmo, tem uma pegada de música africana misturada com reggae music e prega o amor próprio e a “good vibes”. O estúdio que Rael reformou e gravou as músicas é carinhosamente chamado de “horta musical” porque é lá que ele semeia as ideias.

Rael conta no Faixa a Faixa que a música ‘Vendaval’ foi criada após um processo de depressão. Ali ele percebeu que precisava falar de amor: “O clima estava hostil na internet, ‘Vendaval’ nasceu da ideia de unir as pessoas globalmente – o que não tem acontecido. Estamos só nos afastando e eu não queria ser mais um poluindo e falando um monte de coisa. Decidi só falar de amor”.

Outro que compartilha da forma de pensar desses artistas é Emicida. Seu álbum ‘AmarElo’, lançado no final de outubro, deu o que falar: em tempos de ódio e intolerância, o rapper convida a população a parar de gritar e discutir, a ter mais empatia com o próximo, e assim ouvir mais.

A faixa introdutória ‘Silêncio’, criada em parceria com a Deezer, transmite exatamente isso. De acordo com o rapper, ‘Silêncio’ “surgiu da necessidade de construir e conectar todos nós enquanto seres humanos, para que a gente consiga se desconectar por alguns instantes e, se Deus quiser, depois desse momento, essas conexões que a gente conseguir estabelecer se mantenha, para que a gente se desconecte de tudo que é ruim e que nos separa. Que a gente se una pelo o que a gente tem em comum”.

“Estamos muito orgulhosos de trazer esse projeto tão especial e cheio de conteúdo original que enaltecem a música preta. Para o Faixa a Faixa, fizemos a curadoria de artistas que lançaram álbuns icônicos recentemente, que têm algo a dizer, com um questionamento social, e que têm a cultura negra muito forte em suas composições”, afirma Gabriel Lupi, Head de Conteúdo da Deezer no Brasil.

Outros conteúdos originais estão disponíveis no canal exclusivo da Consciência Negra.

Festival S.E.N.S.A.C.I.O.N.A.L! divulga a programação da edição 2020

unnamed (1)

De volta ao período carnavalesco, um dos principais festivais de Minas Gerais reúne nomes como Emicida, BaianaSystem, Duda Beat e Liniker e os Caramelows na Esplanada do Mineirão

De BaianaSystem a Chico César, a programação musical do S.E.N.S.A.C.I.O.N.A.L! não vai deixar ninguém ficar parado. Além da banda baiana e do músico paraibano, o público vai desfrutar de mais de 30 atrações, divididas em três palcos, tendas e chão. As 12 horas de programação contam com shows de artistas como Duda Beat com participação de Gaby Amarantos, Emicida, Liniker e os Caramelows convida Johnny Hooker, Nação Zumbi, Elba Ramalho convida Chico César, Hot e Oreia e Rosa Neon. A oitava edição do festival será realizada na Esplanada do Mineirão, no dia 8 de fevereiro, marcando o início do período carnavalesco de 2020. Os ingressos custam a partir de R$25 e podem ser adquiridos no site sympla.com.br/festivalsensacional.

Além dos dois palcos principais, o S.E.N.S.A.C.I.O.N.A.L! vai contar com o Palco Chacoalha, que apresenta artistas menos conhecidos do grande público, mas com grande potencial para crescer. A intenção é ser também um espaço de divulgação de artistas locais. Entre as atrações, estão confirmadas até o momento: Pequena Morte, Fenda, Nath Rodrigues e Biltre (RJ).

Espalhadas ao longo da Esplanada para divertir o público no caminho entre os palcos, estarão as fanfarras Babadan Banda de Rua, Sagrada Profana, Magnólia, Unidos do Samba Queixinho e G.R.E.S. Cidade Jardim. Fãs de música jamaicana e de música eletrônica também terão seu espaço, nas tendas com o soundsystem Deska e com o coletivo de DJs Masterplano. E não termina por aí: mais artistas serão divulgados ao longo das próximas semanas.

Continuar lendo “Festival S.E.N.S.A.C.I.O.N.A.L! divulga a programação da edição 2020”

Spotify lança playlist “Seus Podcasts do Dia”, com seus próximos podcasts favoritos

UMCW
Um Milkshake Chamado Wanda – Créditos: Instagram

Então o usuário acabou de dar o play em seu podcast favorito: escutou, se atualizou, se divertiu e já está bem informado. Agora terá que esperar uma semana inteirinha até o próximo episódio… E agora? Com tantos ótimos podcasts no Spotify, pode ser difícil saber o que ouvir em seguida. Mas graças à nossa playlist personalizada mais recente, agora está mais fácil do que nunca.

O Spotify transformou a descoberta de músicas em playlists com Descobertas da Semana Daily Mix . E agora criamos Seus Podcasts do Dia, nossa primeira playlist diária personalizada de podcast, que oferece aos usuários uma maneira fácil de descobrir novos programas, além de te manter atualizado com os seus podcasts favoritos. Se o usuário ouviu pelo menos quatro podcasts nos últimos 90 dias, encontrará a playlist na prateleira “Seus Podcasts Mais Escutados” na página inicial ou no hub “Feito Para Você” na navegação.

Continuar lendo “Spotify lança playlist “Seus Podcasts do Dia”, com seus próximos podcasts favoritos”