Geração 501® ocupa as quatro regiões da cidade com talks, exposições e shows

Foto-Jr-French.png
Foto: Jr. French

Levi’s se une a transformadores para realizarem eventos que dialoguem com a cidade durante o mês de abril e a celebração final acontece com grande evento no CCSP com shows de MC Tha, Jaloo, Tássia Reis e Letrux

Durante o mês de abril, as quatro regiões de São Paulo – Leste, Oeste, Norte e Sul – serão ocupadas pelo projeto Geração 501®, da Levi’s®, com atividades totalmente gratuitas. Oito transformadores culturais trabalharão em dupla para realizar uma programação democrática, inclusiva e coletiva que envolve palestras, exposições, oficinas, exibições de documentário e atrações musicais de artistas que fazem parte da comunidade.

Em todas as regiões haverá a “Levi’s® Tailor Shop”, onde as pessoas poderão modernizar suas peças de roupas. Para representar os quatro pilares da marca, Free Love (liberdade de expressão e gênero), True Equality ((direitos igualitários e respeito às diferenças), Real City (cidadania, democracia e integração) e Green Future (atitudes sustentáveis, redução de impactos), oito co-criadores foram convidados para, além de expandirem suas ideias, desenvolverem histórias artísticas, inspiracionais e culturais junto à comunidade de regiões afastadas.

Os co-criadores são: Alberto Pereira Jr, jornalista e fundador do bloco carnavalesco Domingo Ela Não Vai; Jup do Bairro, ativista negra, DJ, atriz, performer e rapper;  Tasha e Tracie Okereke, irmãs gêmeas que ganharam notoriedade com o blog Expensive $hit, que tornou-se  um movimento que usa moda, arte e música para fortalecer a autoestima das mulheres negras da periferia; Gustavo Silvestre, estilista que valoriza a moda sustentável e promove oficinas de crochês com homens presos; Babi Thomaz, apresentadora e colunista da Marie Claire; Ariel Nobre (@oarielnobre), artista visual, ativista e consultor em diversidade na Pajubá Diversidade em Rede, além fundador do projeto “Preciso dizer que te amo”, campanha de sensibilização e prevenção ao suicídio de homens trans; e, Heverton Ribeiro (@hevertonribeiros), fotógrafo e fundador da Cold Skateboard, plataforma multimídia baseada em fotografia e interatividade.

O primeiro evento acontece na região da zona Leste, no dia 20 de abril, sábado, na Casa de Cultura Itaim Paulista. Pensado a partir de questionamentos de Ariel e Everton, o Geração 501® da zona leste aproxima o lifestyle do skate e a cultura da diversidade,  com foco nas masculinidades, com a intenção de propor reflexões sobre o que é ser homem e ampliar o leque de masculinidade possíveis na periferia.  A programação conta com exposições fotográficas, talks sobre fotografia de rua e sobre o projeto “Preciso Dizer Que Te Amo”, que pouco depois terá exibição do filme no evento. Além disso, rola também uma oficina de Skate com Fábio Castilho promovido pela ONG Skate do Bem. A programação conta com discotecagem de Look e o show de encerramento é do rapper Lobão Wu.

letrux-por-antonio-brasiliano-ec866744.jpg
Foto: Antônio Brasiliano

No dia 21 de abril, domingo, é a vez da zona Sul receber o evento na Fábrica de Cultura de Capão Redondo, com Jup do Bairro e Alberto Pereira Junior. Como tema, o Festival Açoites Sutis de Artes Marginais, projeto que nasceu da parceria da dupla de co-criadores com a Levi’s circuito alternativo de artes. A proposta é a descentralização da produção cultural e trazendo ao palco o protagonismo da cultura negra, das mulheres trans e cis, da comunidade LGBTQI+, levando também em conta pessoas de gerações mais velhas e todos os tipos de corpos disconformes e marginalizados, que são invisibilizados em grande parte de produções artísticas e sociais.Entre os destaque da programação estão: roda de conversa “Resistência” com Alt Niss (integrante do grupo Rimas e Melodias e do coletivo Anti- Social Media), Eliane Dias (advogada e empresária do grupo Racionais MC´s), Valter Regis (YouTuber) e Tiely Queen (rapper, artista, cineasta, escritor e dançarino); oficina de grafite e sarau de poesia. A parte musical fica por  conta dos shows do projeto Bad do Bairro convidando Alice Guél e Mulambo, do coletivo de artistas de trap Anti Social Media e  grupo de rap Quebrada Queer.

A zona oeste, na Casa de Cultura Butantã, recebe a dupla de co-criadoras Tracie e Babi Thomaz no dia 27 de abril, sábado. Com workshops de sabedoria ancestral e planejamento, exposições fotográficas, o dia ainda reserva um talk com as criadoras acompanhadas de Geni (liderança indígena da Aldeia Tekoa Itakupê), Vivi Duarte (Plano Feminino), Ricarda Wapichana (indígena) sobre Resistência. Outro destaque do evento é o Pocket Show da ativista indígena Katu Mirim Rapper e Stella Yeshua (Integrante do coletivo Estaremos Lá).

Para o dia 28 de abril, domingo, Tasha e Gustavo Silvestre, programaram um dia de atividades sob a temática “Ponto de Partida”, com oficinas que promovem a conexão e a transformação, principalmente, com a população do entorno do Jd. Peri (zona norte).O evento começa às 10h e, ao longo do dia, acontecem oficinas de bem estar, crochê, trança, customização, unhas de gel, produção musical e negócios de mídia social.  A programação musical fica por conta da discotecagem, na rua, das irmãs Tasha & Tracie Okerere.

O encerramento desses encontros pela cidade resultam no 501® Day Festival, em comemoração ao clássico jeans da marca. O evento acontece no dia 04 de maio, sábado, no Centro Cultural São Paulo com entrada inteiramente gratuita, envolvendo música, talks, espaço infantil, performances, shows, DJs e exposições.

Destaques na nova geração da música popular brasileira fazem parte do line up: Letrux, cantora carioca que ganhou notoriedade com o elogiado disco “Letrux em Noites de Climão”; MC Tha, que traz leveza ao funk com composições singelas e otimistas como na faixa “Rito de Passá”; Jaloo, cantor, DJ e produtor musical paraense, que recentemente atuou no elenco do filme “Paraíso Perdido”; e Tássia Reis, um dos principais nomes do rap nacional da atualidade, dona dos sucessos “No Seu Radinho”, “Se Avexe, Não”, “Calma Preta” entre outros.

O Jardim Suspenso recebe um espaço para atividades infantis e haverá um palco que será ocupado por diversas manifestações artísticas, além das exposições fotográficas dos projetos de cada região da cidade.

Confira abaixo a programação completa:

20 de abril, sábado (zona leste)
Local:
Casa de Cultura Raul Seixas l  R. Murmúrios da Tarde, 211 – José Bonifácio, São Paulo – SP

Horário: 15h às 20h

Gratuito

Programação do dia

15h – Abertura com DJ Look

15h às 19h – Clinica de Skate com Fabio Castilho – ONG Social Skate

15h às 19h – Exposição Fotos de Everton Ribeiro – Primeiro Contato

15h às 19h – Exposição Fotos – Estamos Nós – Vinicius Souza

15h às 19h – Brecho Desencanto – custumização Tailor Shop

15h às 19h – Grande Painel Preciso dizer que eu te Amo

15h às 19h – Comida Frutas Organicas ONG Love CT – Celo Martins

16h – Competição das palavras de skate – Fabio Castilho

17h Talk – Everton Ribeiro e Vinicius Souza – Fotografia de Rua

17h40 Talk – Preciso Dizer que te amo – Ariel e Deniell Bircol

17h40 – Performance Ariel Riberio

17h40 – Tatuador Preciso Dizer Que Te Amo – Fabio Lim

18h – Projeção de filme Preciso Dizer que Te Amo

19h – Pocket show – Lobão WU + Dj Look + Nego Jam

21 de abril, domingo (zona sul)
Local:
Fábrica de Cultura de Capão Redondo l Rua Bacia de São Francisco, s/n – Conj. Hab. Jardim São Bento, São Paulo – SP, 05885-540
Horário: 14h30 às 20h30
Gratuito

Programação do dia

14h30 – Abertura

14h30 – Customização Tailor Shop – Jaque Loyal

15h – Quebrada Queer

15h45 – Resistência l Talk: Alt Niss, Eliane Dias, Tiely Queen, Valter Rege

16h – Vivência experimentação Infograffiti com Imargem

17h30 – Sarau do Capão – poesia

18h15 – Show – Bad do Bairro – convida Alice Guél e Mulambo

19h15 – Show AT$ – Anti Social Midia

27 de abril, sábado (zona oeste)

Local: Casa de Cultura Butantã l  Av. Junta Mizumoto, 13 – Jardim Peri Peri, São Paulo – SP, 05537-070

Horário: 14h às 20h

Gratuito

Programação do dia

14h – Exposição de fotografias: Gabriela Diola

14h – Exposição Moara Brasil

14h – Mig Jeans: Customização e Tailor Shop

14h – Feira de Economia Criativa

14h –  Workshop Mãos a Obra: Thaninara Lima e Adriana Para

14h – Workshop Sabedoria Ancestral: Cristina

15h – Workshop Tenha um Plano: Vivi Duarte

16h – Resistência: Babi Thomaz, Tracie Okereke, Geni, Vivi Duarte, Ricarda

19h – Pocket Show: Katu Mirim Rapper e Stela Yoshua

28 de abril, domingo (zona norte)

Local: Oficinas na R. Alto Sucuriú, 18c – Jardim Peri

Tendas e show na Travesa Caçu, 53 – Jd. Santa Cruz

Horário: 10h às 19h30

Gratuito

Programação do dia

10h – Abertura

10h30 – Oficina l Bem estar

10h30 – Oficina l Croche Ponto Firme – Gustavo Silvestre – Projeto Ponto Firme

13h30 – Oficina l Tranças com Mayara Amaral e Shashamane Braids

13h30 –  Oficina l Customização

14h30 – Oficina l Alongamento de unhas com Bonita Martins – Bonita Unhas

14h30 – Oficina l Negócios em mídias sociais – Agência Lema

16h – Oficina l Produção Musical Funk – Buiu Gr6

18h30 – Encerramento com show de Tasha & Tracie

501® Day Festival @ CCSP

04 de maio, domingo

Horário: 16h às 22h

Atrações: MC Tha, Jaloo, Tássia Reis e Letrux

Gratuito

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s