Vem ouvir o “Nó”, primeiro disco da cantora Ekena

unnamed

Um nó é criado a partir de duas cordas entrelaçadas, cujas extremidades passam uma pela outra, apertando-se, com a finalidade de uni-las ou emendá-las. Entretanto, o laço formado por tiras, cordões ou fios também representa aquilo que estabelece uma relação e que vincula duas ou mais pessoas. O disco de estreia da Ekena é uma reflexão sobre o que há de mais sublime em meio a um emaranhado de vivências felizes, desilusões amorosas, bons e maus momentos de uma vida como ela realmente é.

Produzido por Ekena, “Nó” foi gravado no Estúdio Rancho Rockfeller em janeiro deste ano, e traduz – em doze canções autorais – questões sobre relacionamentos interpessoais e a luta incessante em ser mulher em uma sociedade machista.

Como já contamos aqui, fomos convidados para a audição, onde pudemos ouvir e ficar com o coração cheio de emoção antes de todo mundo. O trabalho pulsa em arranjos e interpretações que revelam uma identidade eclética da cantora e compositora araraquarense, com intensas pinceladas de MPB e folk. O disco é um convite a um passeio pela intimidade musical de Ekena, desde 2010 no cenário da música independente.

Ao lado dos músicos Vinícius Lima (voz e violão) e Gabriel Planas (baixo), a artista iniciou as composições de Nó em 2015. Escolhida como faixa de abertura, a canção que recebe o nome do disco foi escrita como forma de representar um momento vivido pela cantora. Ao mesmo tempo em que é um pedido de desculpas, “Nó” é um agradecimento a alguém que fez parte de sua trajetória. “A música foi um jeito de dizer o quão grata eu era por ter essa pessoa na minha vida, e o quanto eu gostaria que ela continuasse. Mas, para isso, seria preciso que desatássemos todos os nossos nós”, explica Ekena.

Com um belo dueto de vozes e uma cozinha vibrante, ‘Nó’ tem como matéria prima as vivências felizes, as desilusões amorosas, os bons e os maus momentos de uma vida como ela realmente é. É sobre dar e receber, aceitar e ser aceito, respeitar e ser respeitado, e sobretudo sobre ser grato.

Além de estar disponível no YouTube, é possível escutar o trabalho também no Spotify.

Agradecimentos: Magnólia Produtora

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s