Cinco novos singles brazucas que você ainda não ouviu

Se tem uma coisa que a gente gosta na redação do NMP é música brasileira e, por isso, ficamos sempre de orelhinhas em pé para saber o que tem de novo por aí e trazer para vocês. Fiz uma listinha com cinco lançamentos que saíram nos últimos dias para você apreciar. Coloca o fone de ouvido e curte aí:

unnamed (1).png

“Alma Brava” é um diálogo traçado entre o trap, a música instrumental e o rap, que há muito tempo está presente no som e na vida de Msário e que antecede “Indefinido”, o novo EP do cantor. Os versos de “Alma Brava”, compostos e rimados por Msário, falam sobre relacionamentos e também das dificuldades enfrentadas por um casal, que, apesar de se amar, pode ter a confiança colocada à prova devido a conflitos externos, como insegurança e opiniões alheias. A faixa traz uma mensagem de luta e enfrentamento, onde é retratado que nenhum desses fatores pode ser maior do que os sentimentos de amor, cumplicidade e respeito, que fazem com que as pessoas tenham força para superar todos os obstáculos. O trabalho tem as participações especiais de Daniel Yorubá, que engrossa os vocais, e também do trombonista Bocato, que já acompanhou nomes expressivos da música brasileira, como Elis Regina, Itamar Assumpção e Arrigo Barnabé. O beat fica por conta do rapper e beatmaker Slim Rimografia, enquanto a produção musical é assinada por Bruno Dupre e Jeff Boto.

img-1043580-papisa.jpg

Em noite de lua cheia a mística PAPISA tocou no Festival Bananada, a ocasião serviu de impulso para a divulgação de mais uma session gravada no Inhamestúdio. Rita Oliva, a figura por trás de PAPISA, apresentou uma faixa inédita, intitulada como “Curva”, a canção é uma ligação entre seu primeiro EP e seu disco, planejado para o segundo semestre de 2017. “Curva”, a novidade que celebra o bom momento de PAPISA, é construída em cima de loops e surge como uma espécie de interlúdio entre as músicas lançadas no EP. Gravada pelo Inhame Stúdios, a faixa tem captação de áudio, mixagem e masterização de Rubens Adati e captação de vídeo de Yasmin Kalaf. A edição de vídeo também é de Rubens Adati.

Lucas Santtana- cred Edu Pimenta 2017.jpg

Em seu sétimo trabalho autoral, Lucas Santtana se reinventa ao apresentar o primeiro trecho do álbum “Modo Avião” realizado em formato de audiofilme. A faixa homônima está disponível para streaming no portal Natura Musical. O artista desenvolve uma nova linguagem a partir de um tema específico: um atento resumo de suas vivências ao longo de seu processo criativo, que dessa vez será uma obra registrada em áudio e livro. “Modo Avião”, composição que dá nome ao trabalho e antecipa o novo álbum, sintetiza parte de uma estrutura delineada pelo artista, em uma construção inédita aos seus trabalhos anteriores. Gravada em estúdios de São Paulo e da cidade de Copenhague, a faixa incorpora os efeitos sonoros bem trabalhados e tocados por Lucas e pelo Quarteto de Cordas da Dinamarca, numa participação especial.

imagem_release_917467.jpg

Misturando samba e rock com guitarra funkeada e a poderosa percussão de Pretinho da Serrinha, “Luz de Sophia” é o terceiro single do primeiro álbum da banda, “Menos É Mais”, que contou com a produção de Pedro Baby e Sergio Santos. O trabalho inclui “As Coisas Vão Mudar” e “Sem Ar”, música que faz parte da trilha sonora da novela Malhação e conta com lyric vídeo com mais de 280 mil visualizações. Escalada para o palco Sunset do Rock in Rio ao lado de nomes como Nação Zumbi e O Grande Encontro (Alceu Valença, Elba Ramalho e Geraldo Azevedo), Sinara estreou em 2014 com o EP “Sol”, que trazia músicas como “Marchando” e “Floresta”. Formado por Luthuli Ayodele (vocalista), Magno Brito (baixo), e os integrantes da família de Gilberto Gil Francisco (guitarra), João (guitarra) e José Gil (bateria), o grupo tem sido apontado como um dos nomes mais promissores da nova cena musical.

imagem_release_922625.jpg

O artista, poeta, compositor e músico Arnaldo Antunes apresenta a primeira faixa do seu novo DVD, “Ao Vivo em Lisboa”. “Se Você Nadar” é uma composição de Arnaldo com sua mulher, Márcia Xavier, e foi originalmente lançada no álbum de estúdio “Já É”, lançado em 2015. Gravado no Teatro São Luiz, o DVD tem repertório formado por faixas do último projeto do cantor, como “Põe Fé Que Já É” e “Naturalmente Naturalmente”, além de sucessos da carreira, contando com a participação dos portugueses Helder Gonçalves e Manuela Azevedo, da banda Clã, e Carminho.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s