Cine Sesc encerra hoje o 43º Festival Sesc de Melhores Filmes

20170331-captura-de-tela-2017-03-31-as-15.01.59-e1490983361679.png

Com certeza, esse post era para ter saído antes. Mas como vocês puderam perceber, abril foi um mês bagunçado para o Não Me Poupe – vai ver foi a Vênus retrógada, rs. Astrologias à parte, decidi aproveitar que hoje é o último dia para conferir essa programação linda e juntei as imagens que captei na cerimônia. Confira o vídeo:

Eu e a Uanna fomos convidadas para apreciar a cerimônia de premiação do 43º Festival Sesc de Melhores Filmes que rolou lá no Cine Sesc (Rua Augusta, 2075). O evento que aconteceu no dia 5 de abril teve como intuito anunciar os vencedores da votação das melhores produções nacionais e estrangeiras de 2016 na opinião da crítica especializada e do público. A noite foi apresentada pela jornalista Flávia Cintra e contou com a presença de famosos como, Juliano Cazarré, Maeve Jinkings e o diretor Kleber Mendonça. Apesar de acabar hoje (19.04), ainda dá tempo de conferir “Ela Volta Na Quinta” (às 14h30), “O Cavalo de Turim” (às 17h), “Curumim” (às 19h) e “O Regresso” (às 21h30). Clica aqui pra saber mais sobre cada longa e os preços

Criado em 1974, ele é o primeiro festival de cinema da cidade de São Paulo e oferece ao público a oportunidade de ver ou rever o que passou de mais significativo pelas telas da megalópole no ano anterior, que são escolhidos democraticamente por meio de votação de público e crítica. Com mais de 5 mil votos de cinéfilos e mais de 100 críticos votantes, este ano, público e crítica discordaram pouquíssimo. “Aquarius” foi o filme brasileiro mais votado tanto por público como por crítica, assim como seu diretor e roteirista, Kleber Mendonça e sua protagonista Sonia Braga. A sintonia entre público e crítica ainda se deu nas escolhas de melhor documentário brasileiro – “Cinema Novo“, de Eryk Rocha e melhor ator para Juliano Cazarré por sua atuação em “Boi Neon“. Veja abaixo a lista completa de quem também levou o título para casa:

MELHOR PÚBLICO CRÍTICA
FILME BRASILEIRO Aquarius Aquarius
DIRETOR BRASILEIRO Kleber Mendonça Kleber Mendonça
ATRIZ BRASILEIRA Sonia Braga Sonia Braga
ATOR BRASILEIRO Juliano Cazarré Juliano Cazarré
FOTOGRAFIA BRASILEIRA Adrian Teijido Diego Garcia
ROTEIRO BRASILEIRO Kleber Mendonça Kleber Mendonça
DOCUMENTÁRIO BRASILEIRO Cinema Novo Cinema Novo
FILME INTERNACIONAL A Garota Dinamarquesa Filho de Saul
DIRETOR INTERNACIONAL Alejandro González Iñárritu Denis Villeneuve
ATRIZ INTERNACIONAL Isabelle Huppert Isabelle Huppert
ATOR INTERNACIONAL Eddie Redmayne Viggo Mortesen

Após a premiação, foi exibido o longa-metragem “Cora Coralina – Todas as Vidas”, de Renato Barbieri, em homenagem ao produtor e diretor Márcio Curi, falecido em 22 de novembro 2016. A produção é como um documentário poético, que mistura flashs da poetiza, com lembranças de familiares e participação de historiadores.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s