Agenda da semana: rap e disco em São Paulo

São Paulo é a cidade que não para, então ás vezes, fica difícil escolher o que fazer, não é mesmo? Por isso, viemos aqui dar uma ajudinha para você curtir seu final de semana da melhor forma.

rapadura-xique-chico-e1370891395957.jpg

O Itaú Cultural recebe no dia 2 de março (quinta-feira), às 20h, o cantor e compositor cearense RAPadura. Precursor de movimento em defesa da cultura popular, que integra rap contemporâneo à música de raiz, ele reúne ritmos de DJ e de sanfona para mostrar que é possível misturar rap com cultura popular, usando para isso tanto batidas quanto rimas e expressões que traz do Nordeste. A entrada é gratuita! 🙂

tassia_reis_por_larissa_isis.jpgJá no dia 04 (sábado), às 21h, Tássia Reis leva o seu rapjazz para o palco do Auditório Ibirapuera para apresentar o show do disco “Outra Esfera” (2016), o segundo de sua carreira. No repertório, além das composições do mais recente trabalho, como “Se Avexe Não”, “Semana Vem” e “Ouça-Me”, a artista interpreta faixas do EP Tassia Reis (2014) e promete ainda algumas surpresas. Vai ser bafo, né mores?

gottsha_03

O Teatro Porto Seguro celebra o Dia da Mulher com uma programação feminina durante o mês inteiro! A primeira a se apresentar é a atriz e cantora Gottsha, que resgata a influência dos anos 1970 e interpreta algumas de suas canções favoritas, como Last Dance (de Donna Summer) e Dancing Queen (do ABBA), Disco Inferno (The Trammps), Zodiacs (Roberta Kelly), I Love The Nightlife (Alice Bridges), I Will Survive (Gloria Gaynor), entre outros hits que atravessaram gerações. Para montar o set list, Gottsha partiu das canções que gravou em seus discos e de outras com as quais tem afinidade musical. Os arranjos ganharam um toque de modernidade, sem descaracterizar o gênero Disco Music. A apresentação rola nessa terça-feira, 7 de março, às 21h, com ingressos de R$ 50 a R$ 100.

unnamed (1).jpg

O dia é delas e mulher trans é mulher, sim! Para marcar o 8 de março, Raquel Virgínia e Assucena Assucena levam o “Mulher”, álbum lançado em 2015, para o Bourbon Street em uma apresentação única. As músicas d’As Bahias e a Cozinha Mineira ganham novas roupagens. “Isso tudo partiu da nossa vontade de ter uma apresentação nova com um trabalho mais minucioso em termos de novos arranjos, reconstruir as nossas canções e fazer com que elas sejam resignificadas diante de tudo o que fizemos até aqui”, afirma Raquel, antes de completar: “Também foi um processo de incluir composições que não são nossas, mas que se adequam perfeitamente na narrativa do espetáculo”. O espetáculo começa às 21h30 e custa R$ 50.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s