6 motivos para você assistir Flores Raras

Flores-Raras

• Glória Pires está foda, simplesmente foda. E esse é de longe o seu melhor papel. Conseguiu interpretar uma homossexual na medida, sem ser caricata, sem ridicularizar.

flores-raras-5

• Se você mora no Rio vai se identificar muito com o cenário, isso porque, como muitos já devem saber, Lota de Macedo Soares foi uma importante arquiteta brasileira. Ela era a grande idealizadora do Parque do Flamengo, que é retratado durante a trama também.

flores-raras-005

• A mistura da cultura americana com a brasileira é algo interessante de se enxergar. Por exemplo, enquanto Elizabeth Bishop (Miranda Otto) escreve seus poemas, escuta Tom Jobim, Vinícius de Moraes e outros cantores da época.

21025155_20130806220746503.jpg-r_640_600-b_1_D6D6D6-f_jpg-q_x-xxyxx

• Bishop é uma poeta maravilhosa e vale a pena ser lida. Até os diálogos da poetista são cheios de dramas. “Eu não estou bêbada, estou chorando em inglês!”, é um dos exemplos.

flores-raras (1)

• Os filmes brasileiros têm a fama de acabar tudo em putaria, ou seja, sempre tem uma cena de sexo hard. E para dar na cara de todos os críticos, a cena em que as duas transam é bonita e muito sutil. De muito bom gosto, Bruno Barreto (diretor). Perceba o carinho com que Lota trata Elizabeth, Cookie.

flores-raras21-1024x553

• O longa não resume-se apenas ao romance lésbico entre Lota e Elizabeth, mas faz um passeio pela história e política do Brasil, principalmente do Rio de Janeiro, na década de 50.

Quer mais Flores Raras? O roteiro foi baseado no livro Flores Raras e Banalíssimas da autora Carmen L. Oliveira, lançado pela editora Rocco. Eu ainda não li, mas está no top 5 dos meus desejados. Mas vi um vlog literário da minha querida Juliana Gervason em que ela fala que é tão belo quanto o filme. Aliás, indico super o canal da Jú, porque ela é muito inteligente, dá umas dicas de leitura muito boas, além de ter uma voz calma, limpa, dessas gostosas de ouvir. Recomendo!

Sei que esse post veio atrasado, mas ainda dá tempo de ver o filme de Bruno Barreto nos cinemas! Aqui em São Paulo está em cartaz no Itaú Cinemas, lá no Shopping Frei Caneca. Cenas lindas, diálogos finíssimos e com um romance doce e intenso.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s