Wado e o Canto dos Insetos

DSCF1766Primeiramente, gostaria de pedir desculpas pela demora em fazer esse post. Mas na quinta-feira passada, minutos antes do show, fui assaltada. Levaram meu celular, nada de ruim me aconteceu, mas fiquei bastante abalada. Sou estagiária, banco minha faculdade sozinha e me apertei para poder pagar o aparelho perdido. Mas fazer o que, né? C’est la vie.

Voltando ao foco, mesmo depois de ter chorado por conta do meu celular, entrei na Choperia do Sesc Pompéia (sem fazer check-in, rs), para conferir o show do cantor Wado. A apresentação serviu para lançar o disco Vazio Tropical. O também jornalista nasceu em Florianópolis, mas cresceu em Macéio. Sua carreira começou há mais de uma década, quando em 2001 lançou o disco solo Manifesto da Arte Periférico. Depois o cantor ajudou a fundar a banda Fino Coletivo (ótima por sinal), porém deixou os meninos logo, para se dedicar a sua carreira solo. 

Wado que acabou de completar 36 anos, entrou no palco confiante. Algumas vezes desviava o olhar, também pudera, a choperia naquela noite estava lotada como há um tempo eu não via. A grande questão é que o Tropical de Wado não tem nada de vazio, com letras impactantes, cheias de personalidade, ele fala bastante sobre amores. Que estão indo e os que estão chegando também. O disco baila entre as mais lentinhas como Rosa e passa por mais agitadas, com um pezinho no samba, como se vê em Quarto Sem Porta

DSCF1778

O show prometia várias participações especiais ao longo da noite. E o primeiro convidado foi MoMo que com seu violão elétrico, ajudou o cantor a entoar a música Flores do Bem que com melodia suave, carrega uma letra em que fala sobre sonhos pessoais e familiares.

DSCF1792O compositor seguiu o show com Carne, que no disco tem participação de Gonzalo Deniz, porém ele não compareceu ao Sesc. Logo depois, cantou a minha favorita do disco Canto dos Insetos, que fala do término doloroso de um relacionamento. E qual não é doloroso? Fato que fica evidente no verso: “Deixa o mar varrer, deixa cicatrizar meu nome. Se você vier vamos recomeçar por onde?”

DSCF1806O segundo convidado causar grande furor na platéia. O aclamado Cícero que ficou famoso por conta do disco Canções de Apartamento, participou do disco e show com a música ZeloO moço de cabelos cacheadinhos entrou no palco com a cabeça baixa, um violão e um sorriso tímido no rosto. Logo sentou ao lado de Wado e começou a tocar. Não que esse seja um ponto ruim, mas a música tem a cara de Cícero e suas canções. Por exemplo, os acordes usados nessa música, são bem parecidas com o final de Tempo de Pipa. Aliás, o carioca aproveitou uma brechinha na apresentação e cantou o seu hit, acompanhado pelo público que cantou em plenos pulmões. Infelizmente ainda não consegui ver um show só do Cícero e posso dizer que Canções de Apartamento está no top dos meus discos favoritos desde o ano passado, quando conheci.

DSCF1819O último convidado era de longe o mais esperado. Marcelo Camelo entrou ao palco sozinho, munido a uma guitarra e cantou a canção Melhor que é na verdade do colega com que dividia o palco, Wado. A galera cantou super empolgada, tanto pela letra, como pelo ex-Los Hermanos. Logo depois, Wado surgiu e os dois cantaram a canção que faz parte do novo disco, a romântica Tão Feliz que também carrega uma pitadinha do estilo de Camelo.

Quando todos achavam que já tinham visto de tudo, Fafá de Belém entra como quem não quer nada. Assim como Chico Buarque apareceu de surpresa no show de Carlos Careqa na semana passada, a paraense entrou com todo o seu astral e cantou com os meninos a música Fortalece Aí. 

Uma noite agradável com pessoas lindas e educadas. Já disse um milhão de vezes aqui que o Sesc Pompéia é um dos meus locais favoritos para ver shows e eles nunca me decepcionam. Só senti falta de uma banquinha pra adquirir o cd do cantor no local ou talvez eu não tenha visto, porém não tinha nada no lugar que fica de costume.

Como o site de Wado ainda não está atualizado com o novo CD para download, deixo aqui o link para ouvir no site Rdio.

Fotos: Aline Paz.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s