Matilha Cultural – Farejando cultura!

       São Paulo é uma cidade que abriga cerca de 19 milhões de habitantes, sendo então, o maior mercado do comércio do país, onde acontecem 70 mil eventos por ano. No coração da cidade, mais especificamente no Centro, próximo ao metrô República está a Matilha Cultural. O centro cultural é independente e sem fins lucrativos, lá o visitante encontra a união entre arte, comunicação, ativismo e ainda pode levar seus animais domésticos, isso porque os cachorros são bem vindos em todas as áreas do espaço. O conhecimento pertence à todos, por isso todas as atividades que acontecem na Matilha são gratuitas ou cobradas a preços populares. Os eventos são abertos, tanto para o público e para os animais também.

A Matilha está aberta de terça à domingo, das 12hrs até às 22hrs e é divido em três andares. O subsolo é separado em dois ambientes: a galeria de arte e o café. Na primeira área são recebidas diversas exposições e intervenções que tenham alguma ligação sociocultural ou ambientalista. Os mesmos artistas que expõem o trabalho nesse espaço, também oferecem uma oficina aberta para o público. Isso serve para compartilhar o conhecimento, que é uma das ideias centrais do coletivo de profissionais que formam a instituição. Até o dia 12 de maio é possível conferir a mostra Get Shot que retrata parte da história do movimento punk ao redor do mundo, a abertura da exposição contou também com shows de bandas da cena. Já na segunda parte do subsolo fica o café, onde são servidas bebidas e comidinhas veganas, orgânicas e sem transgênicos. Todos os dias às 19hrs acontecem “happy hour” e vai até às 22hrs para que o público consiga voltar para casa de transporte público.

Com a ideia de compartilhar em mente, os idealizadores do lugar fizeram uma biblioteca diferente. Você leva um livro que não gostou ou que queira passar para frente, escolhe um que esteja na estante da biblioteca e leva para casa. Fácil e sem burocracias: trocou, levou. Isso é muito comum em outros países, as pessoas deixam livros em banco de praça, para que outros possam ter acesso à leitura. Ao subir as escadas para chegar às outras áreas, é nítida a preocupação que eles têm com o meio ambiente, afinal as madeiras e tijolos usados na construção da estrutura são reutilizados de demolições, sendo assim, não é usada a madeira que vem do desmatamento da Amazônia. A questão do lixo produzido em demasia também é um assunto tratado com cuidado no centro cultural, com isso, eles dão o exemplo reduzindo a quantidade de embalagens, usam papel reciclado e apoiam as políticas públicas de reciclagem. Dentro da Matilha é possível ver lixeiras para coleta e separação do lixo.
Já no segundo andar fica a arena, um dos lugares mais versáteis de lá, isso porque lá podem acontecer diversas atividades como: encontros, debates, shows, workshops e também gravações para entrevistas e vídeos. Para fechar com chave de ouro, o terceiro andar é o ambiente especial para os amantes da sétima arte. O Cine Matilha Cultural é aconchegante, tem 68 lugares, 2 para cadeirantes e os animais também são bem vindos por lá. O conteúdo tem sempre o intuito de criar discussões e debates políticos sobre meio ambiente, direitos humanos, direito animal. Esse mês está em cartaz o aclamado longa nacional “O Som Ao Redor”, de Kleber Mendonça e a entrada é franca. O intuito da Matilha é sempre despertar o interesse para debates, não importa em qual área estejam.

O carinho pelos animais não poderia ficar de lado, além do acesso livre, eles ainda ajudam os pets a encontrar um novo lar. A feira de adoção que acontece todos os domingos ao meio dia. É uma feira diferente, porque os animais ficam soltos, assim a pessoa que vai vir adotar já conhece como é o comportamento do animal. O princípio da Matilha Cultural é ser política, mas apartidária e a ideia é resistir e “re-existir”. Ser independente no Brasil é difícil, mas para garantir sua sustentabilidade financeira, eles buscam patrocínios institucionais e de projetos, participam de editais e locam suas instalações para eventos privados.


SERVIÇO:
Local: Matilha Cultural – Rua Rego Freitas, 542
Entrada Franca
Horário: das 12hrs às 22hrs

Fotos: Reprodução.

Um comentário em “Matilha Cultural – Farejando cultura!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s