A síndrome das Girls

Hello, guys! Como estão? Espero que bem! E quando setembro/outubro chegam, os alucinados por séries vibram! Isso porque diversos seriados voltam com temporadas novas. Sou uma viciada em séries assumida, claro que não tanto quanto o meu amigo e colaborador Paullo, mas a questão é que todos aqui da equipe vemos ao menos uma série. E isso é uma delícia, porque a gente sempre conversa sobre o assunto, dá dicas sobre coisas novas e troca opiniões de episódios assistidos.
E foi em uma dessas conversas, que eu percebi que sofro de síndrome das Girls. Não sabe o que é isso? Bora lá, que eu explico. Atualmente assisto: Gossip Girl, New Girl, Girls e Pretty Little Liars (que não tem a palavra Girl no nome, mas é mais fofolete e tennager que todas as outras juntas).
De duas a uma, ou as emissoras estavam muito sem criatividade para nome de séries ou eu estava com um gosto muito limitado. Foi então que eu tentei mudar, juro que tentei. Haha! Até vi The Killing (leia mais aqui), gostei muito, mas quando fui procurar uma nova, achei mais algumas Girls pra minha vida! Desculpa, não resisti! haha!

2 Broke Girls
Caroline (Beth Behrs) vem de uma família rica, mas após seu pai ser preso por conta de roubos que fazia, acabou pobre e renegada por Nova York. Nisso ela acaba em uma lanchonete em Williansburg no Brooklyn, implorando por emprego de garçonete. Lá ela encontra Max (Kat Dennings), uma bela e resolvida moça, mas que tem um humor um tanto negro. E ele é esse mesmo humor que garante toda a graça da série.
Max é uma mulher batalhadora, que se arranja como pode e passa as madrugadas fazendo cupcakes para garantir a renda extra.
Porém, é só com a chegada de Carol que ela começa a dar valor para as gostosuras que fazem e juntas constroem o sonho de montar uma cupcakeria. Nada é fácil, mas com garra e muita mão na massa essas duas vão trabalhar duro para conseguir o que querem. É uma série leve, curtinha (cada capítulo tem cerca de 20 minutos) e muito engraçada.
Drop Dead Diva
Depois decidi começar a ver tardiamente Drop Dead Diva, digo isso, porque ela já está na quarta temporada. É uma série realmente inteligente e mistura um pouco de humor, romance e drama. A história central é sobre Deb, uma jovem modelo, magra, alta e loira que tem uma vida perfeita: um namorado lindo, uma amiga fiel, uma família unida, uma carreira bem sucedida e uma vida pela frente. Isso se um acidente de carro não a matasse. 
Sim, Deb morreu e ao chegar ao céu, apertou o botão de retorno, ela só não esperava que fosse voltar à Terra no corpo de Jane, uma advogada gordinha e totalmente fora dos padrões de beleza que ela estava acostumada.
O segredo da série está aí mesmo, a aceitação da própria personagem e seu bom humor. Deb descobre que tem muita inteligência agora e que o corpinho perfeito, não é tudo na vida. Além de fofa, a série é bem emocionante. Só peca nas imagens promocionais (como essa acima), afinal mostra uma Jane muito mais magra do que ela realmente é na série. 😦

E vocês, também gostam das Girls? Conta pra gente! Ah, não esquece de me adicionar lá no Orangotag

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s