Our Deal

Quando a gente se encontra tem um beijo no rosto e um abraço apertado. Logo, olhares tímidos que se encontram e desencontram, enquanto a gente conversa.
Depois da janta e de mais um de seus tragos, vem o olhar firme, o carinho nos cabelos, aos poucos você me ganha. Mas tudo deve acontecer assim, como se ninguém soubesse de nada. Não é um escondido, é simplesmente um natural, que eu aprendi a respeitar do teu modo.
No começo me tomava o ar e fazia doer meu coração, mas o seu, ensinou o meu a entrar nessa dança. Hoje  eles dançam juntos, sem pressa, sem ofegâncias. Pelo menos é o que o meu coração fantasia, mas deixa assim.

Abraços são feitos de coisas que esvoaçam por aí. E eu ainda fico brava de lembrar daquela noite em que meu dedo sangrou e você fez com que o fluxo cessasse. 
Ás vezes você me observava e me encarava, muitas outras, você mal conseguia parar a retina um só momento nos meus olhos. 
Eu tentei beber, pra ficar realmente bêbada, mas novamente as suas mãos acariciaram o meu cabelo a noite inteira e nesse momento eu não consigo me lembrar mais de quando eu chorei escondida embaixo do edredom, porque agora eu tenho você aqui bem perto, comigo.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s